23/06/2012

A CASA DAS ORQUÍDEAS.


       
   
       Eu estava ansiosa para escrever essa resenha, depois que finalizei a leitura fiquei um tempo pensando a melhor forma de escrever, e como transmitir todas as sensações que tive ao ler A casa das Orquídeas.
      O que me conquistou de cara nesse livro foi o cenário e o lugar onde se passa a história. Uma enorme propriedade da Inglaterra de 1939, onde viveram lordes e ladies, são elementos que capturam totalmente o meu interesse.
     Já falei muitas vezes aqui o quanto sou apaixonada por romances históricos e Lucinda Riley conseguiu mostrar todo o encantamento dos romances históricos em uma trama que mistura o passado e o presente.
     A casa das Orquídeas nos apresenta a história de Júlia Forrester, uma mulher de 31 anos que está passando por um momento trágico em sua vida que afetou completamente a sua brilhante carreira de pianista.
     Estando totalmente devastada e sem rumo ela é levada por sua irmã, Alícia Howard de volta a sua terra natal e consequentemente a Wharton Park, o lugar onde viveu toda a sua infância e que agora está prestes a ser vendida, pois o novo lorde Crowford não possui meios de manter a propriedade.
     Wharton Park sempre foi o lugar preferido de Júlia, ela cresceu nas estufas da propriedade onde seu avô cultivava uma variedade de orquídeas. Foi lá também que ela e Kit Crawford, o novo herdeiro do lugar se conheceram quando ainda eram crianças.
      Agora que Júlia tenta recuperar-se de uma grande perda e refazer sua vida ela e Kit reaproximam-se, e a descoberta de um diário bastante antigo onde é narrado as penúrias sofridas por seu autor em uma época devastada pela guerra, traz revelações e segredos do passado que modificaram o destino da bela Wharton Park.
     A casa das Orquídeas é um dos livros mais intensos e uma das histórias mais incríveis que já li; a autora conseguiu me prender do começo até a última página do livro e as 560 páginas são absolutamente deliciosas de ler.
    O ambiente criado pela Lucinda Riley é magnífico e inspirador, ela conseguiu transmitir para o leitor todo o clima e as sensações descritas no romance o que fez com que eu fosse capaz de reconstruir na minha mente a Wharton Park idealizada por ela. 
    O livro é dividido em duas partes (Inverno e Verão) e a narrativa intercala momentos do passado, quando as revelações são feitas e do presente onde nos é apresentado os conflitos de Júlia; tudo narrado em terceira pessoa.
    O romance é repleto de personagens variados e dentre todos eles o que mais me encantou foi o Kit Crawford, ele é muito carismático, divertido, sensível e muito fofo um completo lorde.
    A capa do livro é linda e retrata na frente um momento do presente e na parte de trás o passado; achei bem sugestivo e delicado também. As letras do título deram todo um charme à capa, amei a cor.
    Já a diagramação é simples, mas os capítulos possuem letras iniciais grandes e desenhadas que traz um encanto a mais para o livro. Não encontrei erros de revisão e o texto foi impresso em uma boa fonte que é de fácil leitura.
     A casa das Orquídeas é um belo romance que encanta logo nas primeiras páginas e que deixa o leitor desejando muito mais! *.*

      

16/06/2012

TOP 10: Os mocinhos mais irresistíveis da literatura.


   Para mim um dos momentos mais legais  quando começo a ler um romance é  conhecer os personagens; leio sempre minunciosamente cada característica que é descrita pelo autor(a), tentando construir a figura desse personagem na minha mente.
   E os personagens masculinos tem um poder imenso de mexer com a imaginação e o coração das leitoras românticas. Eles não fazem apenas as mocinhas ficarem todas derretidas, malucas e obcecadas, deixam nós leitoras desejando desesperadamente que eles saltem das páginas e se tornem reais. 
   Todo romance que se prese precisa ter um gato irresistível como protagonista para dá mais emoção à história e fazer com que nós leitoras fiquemos suspirando e desejando poder tomar o lugar das mocinhas nos braços desses deuses da literatura.
   É extremamente difícil escolher dentre tantas opções, mas eu elegi os meus gatos preferidos dos romances. Assim, apresento a vocês  o TOP 10: Os mocinhos mais irresistíveis da literatura!
   Sozinhos eles nos deixam sem fôlego, imagine só todos juntos!
         Respire fundo e pode piriguetar à vontade! *_*




10- Dihren Rajaram (A Maldição do Tigre)


Imaginem o susto de descobrir que o seu amigo tigre é na verdade um lindo príncipe aprisionado por uma maldição? 
 Ren é lindo, tem o corpo forte, cabelos negros e lindos olhos azuis. Impossível não querer um príncipe desses!






 9- Edward Cullen (Crepúsculo)

    Esse foi o primeiro a conquistar o meu coração, todo o seu romantismo me deixava sonhando acordada por isso ele não poderia faltar na minha lista.
  Seus cabelos cor de bronze me conquistaram e eu passei um bom tempo desejando estar no lugar da Bella.


8- Étiene St. Clair (Anna e o Beijo Francês)






Esse é um daqueles personagens impossível de resistir. Tem cabelos e olhos castanhos, é muito simpático, engraçado e também muito inteligente.
  Étiene possui características apaixonantes que encantam de cara. ;)














 7- Dimitri Belikov (Academia de Vampiros)





 Dimitri é capaz de deixar muitas leitoras enlouquecidas com seus cabelos e olhos castanhos e todo aquele porte de guerreiro protetor; definitivamente Rose é uma garota de sorte.






6- Lucius Vladescu (Como se livrar de um vampiro apaixonado)








Lucius é um espetáculo! Lindo demais, príncipe romeno faz de tudo para conquistar sua prometida. Ele é engraçado e muito debochado, se acha a última garrafa d'água do deserto e a Jessica acha-o incrivelmente irritante, mas ele é lindo de morrer. *_*






 5- Adam Kent (Estilhaça-me)






   Adam é o máximo! me tornei uma fã de carteirinha, é um cara apaixonado pela garota que todos rejeitam desde criança e não mede esforços para reencontra-lá. 






4- Jace Wayland ( Cidade dos Ossos)






Ele é charmoso, arrogante e com seus cabelos loiros e olhos dourados arranca suspiros das leitoras. É bem metido e se acha irresistível (e ele é mesmo! *_*), mas tudo isso só faz com que ele seja ainda mais lindo do que já é; Jace é um sonho!




3- Rhage (Amante Eterno)






  Apesar de ser o maior pegador, Rhage se torna um fofo quando se apaixona. Ele é extremamente lindo e sedutor, tem o poder de fascinar todas as mulheres a sua volta. 








2- Warth (Amante Sombrio)




Com todo esse "ar" de perigo que o envolve Wrath é um encanto. Ele é um guerreiro feroz, mas se torna um doce quando se apaixona. Wrath é capaz de fazer o coração das leitoras acelerar desesperadamente, ele é meu amante preferido! ;)








                                   1- Patch Cipriano (Sussurro)
                            E o meu mocinho mais irresistível da literatura é o Patch! De mocinho ele não tem nada, ele é um bad boy, misterioso, charmoso e muito lindo. Me apaixonei pelo Patch instantaneamente, ele é tudo de bom!




 O que vocês acharam da minha lista? E quais os gatos da literatura fazem parte da lista de vocês?

12/06/2012

Promoção: Dia dos Namorados Para Sempre.

     
        Olá Pessoal! 
        Primeiramente gostaria de desejar  um feliz Dia dos Namorados a todos os casais apaixonados! ;)
         Hoje passei para mostrar a vocês uma promoção super especial organizada pela editora Novo Conceito e super romântica também. Os prêmios são incríveis e os apaixonados não podem perder.  
         Uma super promoção inspirada em um dos romances mais lindos que eu já li. 
       E aí vai perder? Corre lá e participa!




                  


                                  

07/06/2012

NA MINHA ESTANTE!

   
 Ei, galera!
      Primeiramente gostaria de pedir desculpas por ter sumido do blog nos últimos dias, é que a faculdade está exigindo muito da minha atenção ultimamente. Estou a dois períodos de me formar e no primeiro dos três estágios curriculares que são exigidos pelo curso e isso está tomando todo o meu tempo, mas vamos deixar isso pra lá e falar do que interessa.
     Hoje é dia de Na minha estante e vou mostrar para vocês tudo que chegou para mim no mês que passou. Todos os kits que recebi da Novo Conceito são lindos, a editora sempre arrasa nos mimos; recebi também os livros da LeYa que adorei também, enfim vamos às minhas aquisições:




         A filha da minha mãe e eu
 Esse kit é muito fofo, amei o esmalte
e como minha mãe é apaixonada por esmaltes dei de presente para ela que adorou.








               A Escolha



             Já estou lendo A Escolha e adorando a história, só espero não derramar muitas lágrimas, mas é Nicholas Sparks né? ;)
    O lápis em forma de osso é muito lindo, o meu cachorro adorou tanto que queria sair correndo pela casa com ele!  




          Garotas de Vidro




Essa história me deixou bem curiosa e o livro está sendo muito elogiado, então não vou demorar muito tempo para ler. 






          O Clã dos Magos
  




              Esse kit é muito lindo! Eu amei muito o mago em miniatura, é muito fofo;) 
        O livro parece ser muito bom, é fantasia e eu adoro histórias de magia.




       Uma Duas e O Escolhido   




Esses dois livros recebi da editora LeYa, Uma Duas eu já li resenha Aqui. Gostei do livro e é uma história forte e muito intensa.
  O Escolhido é o quarto e último livro da série família Werlocke da Hannah Howell que é uma das minhas autoras preferidas. Eu já li os dois primeiros livros e sou apaixonada pela série, tenho certeza que vou gostar da história de Argus Werlocke também! :)


                                                                          Persuasão
  
            Lembram que uma vez falei aqui que perto da minha casa tem uma farmácia que vende só clássicos da literatura? Pois é, dei uma passada lá e não resisti; trouxe comigo Persuasão.
      Eu nunca tinha lido nenhum livro de Jane Austen até pouco tempo atrás e agora aos poucos estou fazendo a minha coleção da autora; ela já me conquistou. *_*



                   
                        Minha pilha! Olha só como meu mago é fofo ;)
    Fazem parte da minha estante agora:
* Persuasão
* Uma Duas
* O Escolhido
* Garotas de Vidro
* A filha da minha mãe e eu
* A Escolha
* O Clã dos Magos


                   

02/06/2012

ESTILHAÇA-ME.



           Autora: Tahereh Mafi
        Editora: Novo Conceito
        Páginas: 302
            
             Juliette está longe de ser uma adolescente normal, seu mundo resumi-se a uma minúscula cela onde vive aprisionada desde que foi arrancada de sua casa e da convivência com seus pais pelo Restabelecimento, uma organização que deveria ajudar uma sociedade decadente. Ela foi rejeitada pelos pais, pelos colegas de escola e pelos professores por ser considerada uma ameaça à vida de qualquer um que a tocasse.
          Assim, ela passou três anos trancafiada em um quarto escuro longe de qualquer contato humano ou interação com o mundo real. Porém depois de ser ignorada por todo esse tempo, Juliette é obrigada a dividir sua cela com Adam,  que a princípio a considera louca e se mostra hostil, mas que depois demonstra querer tornar-se um amigo. 
         E quando ela acredita que seu único destino é apodrecer e morrer naquela prisão, sua vida muda completamente de perspectiva. Agora, o perverso e ambicioso Warner tem planos grandiosos para utilizar Juliette a seu favor na busca pelo poder que tanto deseja.
         Juliette se submeterá aos planos do Restabelecimento? Será que ela pode mesmo confiar em Adam ou será ele um inimigo? 
         Você só descobrirá lendo Estilhaça-me!  
Passei minha vida dobrada entre as páginas dos livros.Na ausência de relacionamentos humanos, criei laços com as personagens de papel. Vivi amor e perda por meio das histórias enredadas na história; experimentei a adolescência por associação..." pág. 65  
   Quando li a sinopse desse livro a primeira vez fiquei muito intrigada com a história; uma garota que não pode tocar ninguém pois seu toque é letal e capaz de matar uma pessoa. Fiquei imaginando como seria isso e me pareceu uma ideia bem diferente e muito boa; e a autora não me decepcionou a história é impressionante e os personagens são muito envolventes.
   Juliette é uma garota que apesar de ter sido menosprezada e maltratada pelas pessoas não perdeu o senso de humanidade, ela é forte e não se deixa levar pelas circunstâncias as quais é obrigada a suportar. 
   O vilão da história é dos bons daqueles que faz o leitor sentir raiva e eu em vários momentos senti vontade de socá-lo várias vezes durante a leitura; Warner é arrogante, cruel e muito ambicioso, mas por outro lado ele mostra uma fragilidade que me intriga, acho que vou compreende-lo melhor nos próximos livros.
   Já o Adam é um espetáculo! Ele é irresistível (momento piriguetagem literária, termo perfeito criado pela Lu do TOC *_*) e as cenas dele com a Juliette são de arrancar suspiros, é impossível não se apaixonar por ele.
    A narrativa é envolvente e muito gostosa de ler, a história te prende de uma forma que você fica muito empolgada e nem percebe que já devorou o livro. Foi isso que aconteceu comigo, quando percebi já tinha terminado e eu queria mais.
    Tudo é narrado em primeira pessoa na visão da Juliette, o que faz a história ser bem intensa. A capa do livro é muito linda, tem um efeito metalizado incrível, todos os capítulos possuem desenhos que lembram estilhaços e eu adorei as letras tachadas. 
    O final do livro é muito bom e me deixou com a sensação de que agora é que a história vai realmente começar, e eu mal posso esperar pela continuação.
                    


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. Voltar ao Topo