setembro 30, 2013

Fechando o Mês!




         Olá, leitores!
    
     E mais um mês se vai; é impressão minhão ou o tempo está voando? Já já estamos em 2014, só espero que Outubro não passe tão rápido. 
     Hoje é dia do Fechando o Mês de Setembro. O mês foi bom para leituras, li várias histórias legais deu até para aproveitar um ebook. 
     Continuo sem comprar nada tentando dar mais atenção a minha pilha de não lidos e agora ela está diminuindo, mas confesso que é difícil manter os olhos fechados para as promoções e ofertas dos sites, só não sei se vou conseguir resistir a feira do livro da minha cidade que começou no fim de semana passado. Ainda não fui visitar, mas espero que os preços estejam bons. 
   Então, vamos ao balanço do mês de Setembro:

*Lidos no mês:

 1. Azar o Seu!
 2. Jardim de Inverno
 3. Casamento de Aparências
 4. Se você fosse Minha
 5. Claro que te Amo
 6. Charade (ebook)
 7. Lições do Desejo
 8. Uma Prova de Amor
 9. O beijo da Meia-Noite

*Lendo Agora:

   Como terminei de ler O beijo da Meia-Noite hoje ainda não peguei nenhum livro para ler, mas na fila estão dois nacionais muito legais só falta me decidir sobre qual vai ser o primeiro. :)

 *Resenhas do mês:

  Uma Longa Jornada
  Jardim de Inverno
  Azar o Seu!
  Charade

*Comprei em Agosto:

 Nada, nada não comprei no mês de Setembro, mas fiz a minha segunda troca no Skoob! Estou adorando fazer trocas dá para encontrar livros que já estavam há muito tempo na minha lista de desejos. Então quem quiser fazer trocas comigo é só vê os meus livros que estão disponíveis para troca no meu Perfil do Skoob.

 *Desejando Comprar no momento:

    Nada de fazer listas de desejados no momento, estou evitando até pensar neles! rsrsrsrs

 *Pretendo ler em Outubro:

  Os que estão determinados para leitura no mês de Outubro é:
 Guardiões 
 Adeus à Humanidade
 Tipo Destino
 Bruxos e Bruxas

*Meta de leitura:

 Estou perto de atingir minha meta se conseguir manter o ritmo vou alcançá-la até o fim de Dezembro. 
  Meta de 100 livros.
 78 livros lidos.

  Esse foi o meu mês de Setembro, estou torcendo para conseguir manter o ritmo de leituras mesmo com a monografia que estou escrevendo. Torçam por mim! :D
  E para vocês, Setembro foi proveitoso?

                             


setembro 29, 2013

Tag: Nacionais da Minha estante.


   Olá, queridos!
   Como foi o domingo? Espero que muito bom! :)
   Hoje vim responder aqui no blog, uma tag que vi muito em alguns blogs que eu sigo e como fala sobre livros nacionais que cada vez mais vem conquistando o coração dos leitores resolvi responder aqui no Fascinada por Histórias também. 
  Eu não fui indicada, mas como a Silvana Crepaldi do blog Prefácio permitiu pegar a tag quem quisesse responder, então achei legal falar um pouco dos nacionais que já li e que gostaria de ler.
   Assim, vamos as minhas respostas:

  Regras:
*Usar o selo da tag no seu post
*Linkar quem te indicou
*Responder às perguntas através de imagens tentando não repetir as respostas.
*Indicar no mínimo 3 novos blogs para respondê-las e avisá-los.
  Perguntas:

1- Indique três livros de autores nacionais que você tenha lido, gostado e que estejam na sua estante. 


   Esses são três nacionais queridinhos da minha estante, eu amei cada história e personagem. Cores de Outono eu tive o prazer de conhecer através da parceria com a Keila Gon e me apaixonei pelo livro e pela escrita dela. Procura-se um Marido eu quase vendi o meu rim para comprá-lo! rsrsrs
 Sabe aquele livro que você necessita ler e não aguenta esperar promoções para adquiri-lo? Pois é, eu comprei sem olhar para o preço e não me arrependo, a história é uma delícia! :)
 Outono de Sonhos eu comprei diretamente da autora e veio com um autógrafo super fofo! Eu sempre lia resenhas elogiando muito a história e morria de curiosidade e me derreti pelo Andrew, o livro é belíssimo! 

2- Um ou três livros nacionais que estejam na sua estante, mas que você ainda não leu. 


 Esses três livros já estão separados como próximas leituras. Guardiões e Adeus à Humanidade eu queria muito e acabei ganhando uma promoção no Leituras, Vida e Paixões!!!
 Cisne eu recebi de parceria com a Eleonor Hertzog, eu comecei a ler um dia desses, mas precisei parar por causa de alguns trabalhos que precisava concluir e como o livro é grande eu preferi deixar para ler com calma depois. Ele é de longe o maior livro da minha estante com suas 832 páginas!!! 


3- Um ou três livros nacionais que você não tenha na sua estante e que gostaria de ter.


  Esses são os meus nacionais mais desejados que espero em breve poder adquiri-los. Terra Ardente e Sábado à Noite já estão na minha lista há algum tempo; o primeiro já me escapou duas vezes ganhei uma promoção dele, mas acabei perdendo porque fiquei sem computador e não sabia que tinha sido a vencedora depois tentei comprá-lo, mas deu problema no meu cartão e a compra não concluía de jeito nenhum no site da autora, o incrível é que fui testar o cartão na Saraiva e a compra passou sem problemas. Mas, ele vai ver só; palavra de honra que da próxima vez que tentar comprar esse cowboy não me escapa! rsrsrsrs 

 O segundo foi para minha lista de desejados depois de algumas resenhas muito positivas que li, sem falar que essa capa é muito linda! 
 E Quero ser Beth Levitt é leitura obrigatória e super desejada, eu tenho palpitações de ansiedade por esse livro. Ele vai acabar se tornando uma compra de emergência para mim! hehehe

  Então galera essas foram as minhas respostas, espero que vocês tenham gostado e como sei que muitos já responderam deixo aberto para aqueles que ainda não fizeram. 
  Não esqueçam de comentar e preencher o formulário para o Comentarista Premiado. Esse post já está valendo, e a cada postagem que comentar preencha novamente o formulário. :)

                                                 Formulário AQUI!


   Beijos, e até breve!
                                                 


setembro 28, 2013

Promoção: Comentarista Premiado!



                           

     Olá, leitores!
    Como prometido aqui está a volta do Comentarista Premiado no blog,  apesar de gostar mais das promoções assim, eu havia dado um tempo nelas porque são poucas as pessoas que participam. Entretanto eu pensei melhor e resolvi trazer de volta porque essa é a melhor forma de premiar os que realmente estão sempre por aqui fazendo visitas e deixando sua opinião nas postagens. Então nada melhor do que oferecer a oportunidade de um de vocês levarem para casa um prêmio especial! 
   Então vamos ao que interessa!

  Regras.

*Precisa ser seguidor do blog
*Fazer comentários pertinentes às postagens.
*Só vale um comentário por postagem.
*Ter endereço de entrega no Brasil
*Preencher o formulário corretamente.

 O prêmio.

  Não farei sorteio, então o vencedor será aquele que comentar mais vezes no blog dentro do período da promoção. Divulgarei o resultado no dia 30/10/2013 e o vencedor receberá um email com uma lista de livros a qual deverá escolher aquele que deseja ganhar. 

O envio do prêmio.

 Depois que receber o email o vencedor terá 03 dias para responder com sua escolha de prêmio e os dados para envio. Caso isso não ocorra o prêmio será do segundo colocado. O envio será feito dentro de 60 dias.

Critério de desempate. 

Caso haja empate aquele que fez o comentário no último dia da promoção primeiro será o vencedor.




     Espero que tenham gostado da volta do comentarista premiado, participem porque a lista de prêmios só tem títulos bons! 
      Desejo boa sorte a todos! :D

  Beijos, e até logo!

                             
    

setembro 26, 2013

Charade.




                                                       Skoob | Goodreads | Nyrae Dawn | Amazon 

       Quem é viciado em leitura sabe que com tantas opções é impossível se conformar apenas com os livros físicos. Apesar de preferir os fiéis companheiros de papel eu adoro ler um ebook; tenho vários esperando um tempinho para dedicar a eles. 
     Como não tenho ainda um Kobo ou Kindle uso o computador para ler  os ebooks por isso são poucos os que leio e escolho os que conseguem chamar mais a minha atenção. 
     Estava visitando um blog e a sinopse desse livro me deixou muito curiosa por ser um New Adult, um gênero literário que eu adoro. Nunca havia lido nada da autora e essa leitura foi uma agradável surpresa.
     Charade conta a história de Cheyenne Marshall, uma garota de 19 anos que vai estudar na mesma faculdade do namorado, mas quando chega lá o encontra na cama com outra garota e descobre que ele sempre a traiu. 
      Chey detesta mostrar fraqueza, ela sofre com o abandono da mãe que a deixou quando ela tinha nove anos aos cuidados dos tios e nunca mais voltou. Desde então ela não permite que ninguém se aproxime o suficiente para obter  o poder de machucá-la novamente. 
        Assim, ela se esconde atrás da fachada de garota mais popular da escola onde estudou, capitã da equipe de dança e rodeada de amigos. Só que agora ela se encontra em um território novo, na faculdade ela não tem nenhum amigo, todos a conhecem como a namorada de Gregory e agora que deu um fim ao seu namoro ela está sozinha e só deseja se vingar do ex-namorado. 
    É com essa ideia que Cheyenne se aproxima de Colton; apesar de estar na faculdade ele odeia aquele lugar. Apenas aceitou frequentar as aulas porque é um sonho da sua mãe que deseja e lutou a vida inteira para que o filho tivesse um futuro melhor. 
   Colt faz qualquer coisa por ela e isso inclui a forma obscura que escolheu para conseguir dinheiro rápido e suficiente para cuidar da mãe que sofre de câncer. Ele precisa de dinheiro e mesmo sabendo que Cheyenne é o tipo de garota que deveria manter distância ele aceita o acordo que ela propõe. 
   Cheyenne precisa de um falso namorado para se vingar de Gregory e Colton é o cara perfeito já que tudo indica que os dois se detestam. Ela só não esperava que o cara que ela afirma odiar fosse conseguir derrubar todas as suas defesas. 
  Eu vou matá-lo! Cruzo os braços e planto meus pés. — Pare. De. Me. Chamar. De. Princesa. — Colt sorri. É estranho porque ele é um cara tatuado, de cabelos bagunçados, um cara que usa calça jeans desbotada e t-shits. Um olhar para ele e você pode dizer que ele não aceita merda - que a vida não tem sido fácil e ele está marcado por causa disso. Mas quando ele sorri? Quando realmente sorri, é perfeito. Como comercial de pasta de dentes, menino bonito da casa ao lado que torna realmente difícil de estar chateada com ele..." pág. 86
      Charade é uma leitura rápida, não tem uma história profunda e pode ser considerada clichê, mas foi um livro que me ganhou por ser empolgante e por ter personagens com características diferentes. 
      Cheyenne poderia ter sido apenas uma patricinha mimada na história, mas seus conflitos a tornam muito mais que isso. Ela é uma garota que luta contra o medo da rejeição, o abandono de sua mãe deixou sérios traumas nela por isso ela não se permite mostrar suas fraquezas. 
      Colt é uma vítima das circunstâncias, o desespero em cuidar e ser o único responsável pela mãe aos 21 anos o faz recorrer a caminhos errados e perigosos. Mesmo tentando parecer o cara mau com a boca mais suja que já vi na literatura (vocês não tem noção do quanto ele xinga! hehehe) que não se importa com nada é fácil perceber o quanto Colt é doce.      
     Percebemos isso pela forma como ele se preocupa e cuida da mãe, esses são momentos que mais trazem emoção para a narrativa. É legal ver a evolução e o crescimento dos personagens ao logo da história, o casal tem uma química forte e é fofo quando eles descobrem os sentimentos que nutrem um pelo outro.
       O livro é narrado em primeira pessoa com os capítulos alternados entre Colton e Cheyenne dessa forma, podemos perceber claramente os sentimentos, os conflitos e compreender o passado de cada um. O diferencial é que nenhum dos dois representa a perfeição própria de alguns mocinhos de romances, Colt e Chey cometem erros. 
   A linguagem da autora é fácil, fluída e ágil o problema é que encontrei alguns erros de revisão que incomodaram bastante durante a leitura e senti que em algumas partes a tradução foi muito literal e algumas frases ficaram com um sentido estranho. 
   Charade foi uma leitura satisfatória sem grandes expectativas, perfeita para relaxar. É o primeiro volume da série The Games e que tem como continuação Facade, que conta a história de Adrian Westfall melhor amigo de Colt. 
   Para quem gosta de New Adult Charade é uma boa dica! :D 

                                              Capas da série.


    O amor pode salvá-los?
Depois que seu pai comete um crime que abala a sua família, Delaney Cruz de dezoito anos de idade está cansada de fingir que está tudo bem. Embalando tudo em seu carro, ela sai para encontrar as pessoas que seu pai feriu. Sua busca a leva a lugares a que nunca foi - e para os braços de Adrian Westfall.
Para o mundo exterior, Adrian é um charmoso homem sexy. Mas sua personalidade de playboy é apenas um ato. Secretamente, sua alma é torturada por uma lembrança dolorosa demais para compartilhar. Apenas Delaney parece ver através de sua fachada para o homem verdadeiro debaixo. E, pela primeira vez em sua vida, Adrian sente que ele pode começar a se abrir sobre seu passado.
Juntos, Adrian e Delaney compartilham um apaixonado amor que nunca esperaram encontrar. No entanto, ambos ainda guardam os seus próprios segredos. Quando a verdade escura é finalmente revelada, vai aproximá-los, ou separá-los para sempre?
                                                                    

             

setembro 23, 2013

Azar o Seu!



                          
  Adicionar ao Skoob Compre: Saraiva| Submarino| Cultura 
                                               
                    
      Azar o Seu! É o segundo livro da Carol Sabar que eu leio e já digo que daqui para frente serei uma leitora assídua de tudo que ela publicar. Carol tem um jeito leve, descontraído, divertido e romântico de escrever que cativa o leitor logo nas primeiras páginas de seus livros.
    Em seu mais novo lançamento ela nos conta a história de Ana Beatriz Guimarães, ela se acha a garota mais azarada da face da terra, mas vamos combinar que de azarada ela não tem nada; ao menos eu acho. Calma que vou explicar o motivo de eu achar isso! ;) 
    Bia é formada em administração de empresas e tem um currículo de dar inveja a qualquer profissional e tinha um emprego estável em uma empresa de ferrovias no Rio de Janeiro. É... ela tinha um emprego, mas foi demitida depois de ser acusada por seu estagiário de  assédio sexual. Ela tem certeza de que isso foi uma armação da vaca invejosa da Fernanda Araújo, mas Bia não tem como provar isso. 
    Então, ela tem 25 anos está desempregada precisou voltar para a casa do pai em Juiz de Fora onde o está ajudando na Floricultura "Quatro Estações". Para completar a vida amorosa de Bia é um desastre total, ela se considera uma "carente semivirgem" que não se lembrar se já teve um relacionamento significativo na vida porque não consegue esquecer um garoto de 17 anos por quem foi apaixonada em segredo. Seu amigo de infância e irmão de sua ex-melhor amiga. 
   Bia não está na melhor fase de sua vida, mas como dizem por aí: Não reclame que tudo pode piorar! Seu pai lhe designa a tarefa de ir representar a família no enterro da esposa de um tio com quem não tem contato há muito tempo. E depois de uns amassos no primo Jair no cemitério, fato que ela prefere riscar da memória, Bia embarca em sua kombi de volta para Juiz de Fora.
   Para comprovar que as coisas mais incríveis acontecem em novas vidas quando menos esperamos, a vida amorosa de Bia resolve ficar mais interessante em meio ao fogo cruzado na Linha Vermelha. Bia fica presa no tiroteio e o Cara gostosíssimo do carro ao lado que comprou a última garrafa de água corre em seu socorro. 
   É aqui que eu acho que de azarada Bia não tem nada! Qual a possibilidade de uma azarada conhecer um gato como o "Cara"(ela fica um bom tempo sem conhecer o nome dele) no meio das balas? Seria mais fácil encontrar uma bala perdida! 
   Depois de confundi-lo com um aparador espiritual, de fazer uma declaração de amor desesperada por Guga, seu amor de infância e de quase morrer mais de nervoso do que de qualquer outra coisa, Bia e seu salvador seguem viagem juntos, já que por coincidência estão indo para o mesmo lugar. É assim que o "Cara" do tiroteio acaba entrando na vida da nossa atrapalhada protagonista, eles acabam se envolvendo e Bia nem imagina que esse belo e charmoso desconhecido guarda surpresas totalmente inesperadas. 
Finquei minhas unhas nas fendas do asfalto, pronta para desabar junto com ele. Isso se meu frágil coração não enfartasse antes de eu mergulhar na Baía de Guanabara que me esperava lá embaixo... - Eu não sei nadar! - gritei.- Eu não trouxe a minha boia de patinho! Eu vou me afogar! Mas então me lembrei de uma coisa. Eu não podia me afogar! Meu Deus, não podia, não! Eu tinha um milhão de contas para pagar!..." pág. 22
   Eu adoro Chick lit! Não tem leitura mais divertida e esse livro foi um dos que mais me fez rir. Os personagens são cativantes e trazem muita empolgação para a história. 
    A Carol tem uma linguagem leve, envolvente e a leitura flui perfeitamente é tão rápida que quando percebemos o livro já acabou. Eu fiz de tudo para não devorar as páginas tão rápido porque não queria que a história acabasse  cedo demais.
   Bia é pura comédia, é uma personagem muito engraçada ela se mete em cada situação que é impossível não rolar de rir com suas furadas, eu só quis dar umas sacudidas nela por fugir tanto do nosso protagonista TDB. :)
   O mocinho da história é capaz de roubar o coração de qualquer leitora, ele é fofo, carinhoso, atencioso e todo seguro de si. É muito bonitinho o modo como ele vive provocando a Bia e como quase sempre a deixa irritada, o apelido que ele deu para ela combina muito com a garota. 
  O que eu acho mais legal nessa história é a amizade que uni os protagonistas, o leitor consegue sentir o quanto eles são companheiros e amigos, é muito lindo o romance dos dois.
  O livro é narrado em primeira pessoa e é isso que torna a leitura tão prazerosa, as confissões de Bia e a forma como ela nos conta sobre sua infância e adolescência nos faz sentir como se estivessemos em um papo de amigas. 
   Azar o seu! ainda conta com momentos de muitos suspiros e muita emoção, vemos o crescimento de Bia ao longo da narrativa e o modo como ela tenta lidar com seu orgulho e teimosia. 
  O desfecho é daqueles de fazer o coração bater mais forte só fiquei inconformada porque terminou tão rápido eu queria muito muito mais, fiquei desejando um epílogo. 
   O livro tem uma diagramação simples, mas muito fofinha as letras estão em ótimo tamanho para leitura, as páginas são amareladas e ainda conta com desenhos de trevos da sorte, uma graça! As capas nesse estilo já são marca registrada dos livros da Carol, é linda toda rosa retrata perfeitamente a história. Super feminina e romântica! 
   Azar o seu! é uma leitura completamente arrebatadora é impossível não se apaixonar pela impressionante história criada por Carol Sabar. Só resta dizer que a autora já me fisgou; mal posso esperar pelo próximo!
   Leitura absolutamente recomendada! :D

                            

setembro 20, 2013

Jardim de Inverno.


 
                                                       
                                                                                   
Adicionar ao SkoobCompre: Saraiva| Submarino| Cultura

   Kristin Hannah é uma autora que vem sendo muito elogiada atualmente, li vários comentários positivos e e resenhas exaltando o quanto suas histórias são incríveis. Comecei a conhecer a autora através de resenhas de O Caminho para Casa outro livro da autora que é muito elogiado, lançado pela editora Arqueiro. 
  Foi esse livro que despertou meu interesse em conhecer o trabalho da Kristin, eu ainda não li o livro, mas em breve pretendo remediar isso. Então decidi começar por Jardim de Inverno lançado pela Novo Conceito. 
 Jardim de Inverno foi uma leitura demorada, intensa e totalmente surpreendente. A premissa do livro nos garante uma história sobre questões familiares, mas posso afirmar que a narrativa vai muito além disso, exige muita atenção e se você for daquelas que choram facilmente assim como eu, corre o sério risco de ficar desidratada! (Um conselho: Não leia esse livro dentro de ônibus! Suas lágrimas chamarão atenção. *_*)
  Jardim de Inverno narra a história da família Whitson. Meredith e Nina são duas irmãs com personalidades muito diferentes, enquanto uma vive para a família e o trabalho, a outra construiu uma carreira que lhe permite não criar raízes em lugar algum e nem laços com ninguém. 
  Meredith é uma daquelas mulheres que não param um só segundo, mesmo já tendo criando as filhas e elas já terem saído de casa, ela se mantém ocupada todos os minutos de seu dia. 
  Sua empresa, afazeres domésticos e a as preocupações com a vida de suas filhas ocupam toda sua atenção, fazendo com que seu casamento com Jeff fique sempre em segundo plano. Tudo isso acabou por afastar os dois que agora são como estranhos vivendo em sua própria casa.
  Nina é uma fotojornalista que vive viajando em busca da melhor imagem, nunca fica por muito tempo em um mesmo lugar; ela namora o irlandês Daniel Flynn. Depois de quatro anos juntos ele deseja se estabelecer e construir uma vida ao lado de Nina, mas ela não divide esse desejo com Danny. 
  Depois de muito tempo longe uma da outra, Nina e Meredith voltam a ser encontrar quando seu amado pai sofre um ataque cardíaco e acaba morrendo. As duas estão juntas novamente em Belye Nochi, a casa onde viveram a infância que deixou marcas profundas nas duas. 
  Com a morte do pai as irmãs se encontram novamente na companhia de Anya Whitson, a mãe fria que sempre rejeitou as filhas e nunca demostrou sentir o menor carinho pelas duas. Toda a vida delas foi marcada pela falta de amor e atenção da mãe.
  Entretanto, havia um momento em que conseguiam vislumbrar emoção em Anya e isso acontecia toda vez que ela narrava o conto de fadas A camponesa e o príncipe. Assim, em seu leito de morte Evan faz um único pedido a Nina: Que ela faça sua mãe contar a história da Camponesa e o Príncipe até o fim. 
  E buscando cumprir a promessa que fez ao pai, Nina insisti até que Anya aceite narrar novamente o conto de fadas. Ela e Meredith só não esperavam que essa história que sempre pareceu algo sem importância guardasse as respostas que elas tanto buscaram a vida inteira. 
 Dali em diante, Nina ficara como Meredith, uma filha só do pai, que raramente falava com a mãe e não esperava nada dela. Fora a única forma que encontrara de se proteger da dor. Agora, precisava repensar esse hábito. Durante anos, olhava para a mãe sem realmente vê-la, assim como ela e Meredith haviam ouvido o conto de fadas sem realmente escutar. Elas haviam assumido que era apenas ficção; elas ouviram apenas para escutar a voz da mãe. Mas agora era tudo diferente. Para cumprir a promessa que fizera para o pai, Nina tinha que fazer mais que isso: precisava ver de verdade e ouvir de verdade. Cada palavra."  pág. 245 
   Jardim de Inverno foi um livro que se tornou com certeza inesquecível, Kristin Hannah superou todas as expectativas que eu tinha em relação à leitura. É uma história que nos transmite muita emoção, e arranca lágrimas com uma narrativa que deixa o leitor ansioso pelo desenrolar da história. 
  Os personagens são intensos e fortes, o grande destaque aqui é as mulheres, mas você só compreenderá isso ao término da leitura. Muitas vezes o comportamento e atitudes delas me incomodaram bastante não conseguia gostar de nenhuma das três; elas me pareceram muito frias, sem sentimentos e emoções, o que faz você perceber logo de cara que há um importante segredo ali para ser descoberto. Com o decorrer da leitura acabei torcendo por todas elas.  
  Anya é uma idosa de 81 anos que mesmo amando o marido não consegue demonstrar o menor afeto pelas filhas, ela é ríspida e nunca expressou sentir nenhum carinho pelas meninas que cresceram acreditando que a mãe as odiava e sem compreender o motivo desse ódio. Ela é uma mulher intrigante tão misteriosa que consegue confundir a cabeça do leitor. 
  Meredith a mais velha das irmãs foi a que sentiu de forma mais intensa essa rejeição a ponto de tudo isso interferir negativamente em sua vida com o marido. 
  Nina é um espirito livre, gosta de viver sem amarras e mesmo amando o namorado foge de qualquer indício de que o relacionamento se torne mais sério e permanente. É ela com sua determinação e insistência que percebe o quanto é importante conhecer de verdade a mãe. 
  A narrativa segue sem grandes surpresas até que Anya começa a narrar seu conto de fadas e juntamente com as personagens o leitor começa a perceber que dentro daquele conto há fatos importantes para o entendimento do conflito da história. 
 Jardim de Inverno é uma leitura intensa, cheia de detalhes e baseada em um fato marcante da História Mundial; o contexto dessa narrativa é um dos momentos mais cruéis da História. Ler sobre O Cerco a Leningrado na Segunda Guerra Mundial sob a perspectiva que esse livro oferece é de certa forma impactante para o leitor, é quase impossível não se sentir tocado com a narrativa. 
 Kristin Hannah tem uma linguagem fácil, envolvente e mesmo sendo um enredo com um fundo histórico pesado a leitura fluí bem e você se sente preso à narrativa. A autora mantém a curiosidade do leitor até o fim da leitura nos instigando a juntar as informações e descobrir os segredos de Anya. 
 A narrativa é desenvolvida em terceira pessoa com o foco em Meredith e Nina, mas isso se modifica um pouco a partir do momento em que Anya começa a narrar o conto. Ela começa a contar a história de forma impessoal primeiramente como apenas uma historinha de crianças e depois vai mudando quando a história fica mais detalhada. 
 O desfecho é ainda mais emocionante e cheio de surpresas e para mim foi totalmente inesperado. No final o leitor tem todas as explicações para compreender toda a história.
 O livro tem uma capa muito bonita e bem relacionada com o enredo, a diagramação é simples e as letras estão boas para leitura. Encontrei apenas um errinho de digitação, mas que não prejudicou a minha leitura ou compreensão. 
 Jardim de Inverno conta uma das histórias mais belas que eu já li, é uma leitura que fala sobre amor, força, sobrevivência, perdão e a importância do afeto em família. Mesmo que o Drama não seja o meu gênero favorito esse livro conseguiu se destacar e me conquistar.
  É uma leitura para aqueles que gostam de se emocionar, será impossível não se impressionar com um romance tão profundo. 

setembro 12, 2013

Por dentro das Novidades!



      Olá, leitores!
   Início de mês é sempre uma chuva de lançamentos e novidades literárias aparecendo para torturar e deixar nós leitores desesperados para comprar novos livros. Eu nem deveria estar fazendo esse post (evitando cair em tentação!), mas as novidades estão muito boas eu quero compartilhar com vocês. 
  Para quem vai poder comprar aproveite as promoções e para aqueles que assim como eu estão fugindo dos lançamentos, não custa nada dar só uma olhadinha e apenas escolher aqueles que farão companhia aos outros trilhões da nossa listinha de desejados. hehehe
  Vamos as novidades de Setembro:

 
         Livrai-nos do Mal.


Autor: David Baldacci

Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Gênero: Ficção


 A vida de Shaw se resumia a seu trabalho como agente secreto, até que ele se apaixonou por Anna. Porém, seus planos de casamento são arruinados quando ela morre em um atentado. Ainda de luto, ele aceita uma missão para driblar a dor da perda.

Aparentemente, o novo inimigo de Shaw é apenas um magnata bem-sucedido. Mas, por trás de seu império, Evan Waller esconde uma operação de tráficos de mulheres. Buscando aumentar sua fortuna, ele começa a investir em um negócio que pode matar milhões de pessoas.
  O caminho de Shaw se cruza com o de Reggie Campion, uma jovem treinada para matar que quer livrar o mundo de mais um genocida. Seu alvo é Fedir Kuchin, um ucraniano que fugiu para o Canadá e começou uma nova vida sob o nome de Evan Waller. 
  Sem saber que caçam a mesma pessoa, Shaw e Reggie tentam descobrir a identidade um do outro e travam uma batalha de charme e astúcia que os levará a uma atração indesejada. Lutando para não cair em tentação os dois se veem diante de um adversário ardiloso, que não será vencido com facilidade. 


*Comentários: 

  Com essa sinopse é impossível não se interessar por esse livro, o título é bem curioso e diferente. Eu nuca li nada do autor, mas já li alguns comentários positivos. Para quem gosta de romance policial esse livro é uma ótima dia!
*Mais sobre o autor: 
David Baldacci já vendeu mais de 110 milhões de livros no mundo.
Livrai-nos do mal é o segundo livro da série protagonizada por Shaw. O primeiro livro, Toda a Verdade, foi lançado pela Arqueiro em 2011.


   Lições do Desejo.


Autora: Madeline Hunter

Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Gênero: Ficção/Romance


Atraente, sutil e tentador, lorde Elliot Rothwell é um homem acostumado a fazer sucesso entre as mulheres e a conseguir tudo o que deseja delas. Mas isso não se aplica a Phaedra Blair. A brilhante editora não parece disposta a ceder a seu pedido e cancelar a publicação das memórias de um membro do Parlamento que podem manchar o nome da nobre família Rothwell. 

A pedido do seu irmão mais velho, o marquês de Easterbrook, Elliot vai a Nápoles para negociar com Phaedra. Porém, em vez de encontrar a bela mulher descansando à beira do mar Tirreno, Elliot descobre que ela está pressa por causa de uma acusação injusta. Graças do prestígio da família, o nobre consegue libertá-la, mas também se torna responsável por ela até voltarem à Inglaterra...


*Comentário:

Eu já sou fã da Madeline Hunter, já li alguns outros livros dela e adoro a série dos irmãos Rothwell. Gosto da narrativa dela e das histórias que ela cria. Esse é o segundo volume dessa série que começou com As regras da Sedução, para que gosta de romances históricos essa é uma leitura que vale muito à pena. 
*Mas sobre a autora:
O livro foi vencedor do prêmio Rita na categoria Romance Histórico, o mais importante troféu dedicado ao gênero romântico. 


Dançando sobre cacos de vidro.  
   
Autora: Ka Hancock
Editora: Arqueiro
Páginas: 336
Gênero: Ficção


Lucy Houston e Mickey Chandler não deveriam se apaixonar. Os dois sofrem de doenças genéticas. No entanto, quando seus caminhos se cruzam é impossível negar a atração entre eles. Contrariando toda a lógica que indicava que sua história não teria futuro, eles se casam. Depois que Lucy quase perde uma batalha contra o câncer, eles criam uma regra: nunca terão filhos, para não passar adiante sua herança genética.

Porém, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. De uma hora para outra todas as regras são jogadas pela janela e eles terão que redescobrir o verdadeiro significado do amor. 


*Comentários: 

A sinopse desse livro promete uma história muito emocionante, eu tenho nervos fracos para enredos assim, mas fiquei curiosa e com vontade de ler. A capa do livro já dá uma ideia do rumo dos acontecimentos e parece ser uma daquelas narrativas que se destacam. Quem gosta de livros com essa carga emocional tem uma boa opção neste. 
*Mais sobre a autora: 
Dançando com cacos de vidro é o livro de estreia da autora Ka Hancock.
O livro faz uma análise emocionante sobre temas como amores imperfeitos, perdas e transtorno bipolar. 



              Corações Feridos.


Duas irmãs gêmeas. Uma linda, e a outra desfigurada. Divididas por um terrível segredo. 
              
Autora: Louisa Reid
Editora: Novo Conceito
Páginas: 256
Gênero: Ficção/Drama


Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas, mas muito diferentes. Enquanto Hephzi é linda e voluntariosa, Reb sofre da Síndrome de Treacher Collins — que deformou enormemente seu rosto — e é mais cuidadosa.
Apesar de suas diferenças, as garotas são como quaisquer irmãs: implicam uma com a outra, mas se amam e se defendem. E também guardam um segredo terrível como só irmãos conseguem guardar. Um segredo que esconde o que acontece quando seu pai, um religioso fanático, tranca a porta de casa.
No entanto, quando a ousada Hephzibah começa a vislumbrar a possibilidade de escapar da opressão em que vive, os segredos que rondam sua família cobram-lhe um preço alto: seu trágico fim. E só Rebecca, que esteve o tempo todo ao lado da irmã, sabe a verdadeira causa de sua morte...
Hephzi sonhara escapar, mas falhara. Será que Rebecca poderia encontrar, finalmente, a liberdade?


*Comentários: 
 Um drama. Eu fujo de livros desse gênero, mas isso não significa que não os leia de jeito nenhum. Às vezes me disponho a sair da minha zona de conforto, e escolho um drama como leitura; basta a sinopse me instigar. 
E a palavra que consegue fazer isso é: SEGREDO. Sério, não tem como não ficar curiosa quando o enredo de um livro envolve mistérios. Para quem gosta também de desvendar mistérios pode incluir Corações Feridos em sua lista. :)
*Mais sobre a autora: 
 Louisa Reid formou-se em Inglês pela Hertford 
College, em Oxford. Além de escritora, é também professora em Cambridge. Casada, e com duas filhas, ainda assim costuma acordar e dormir pensando em livros.


         Dois Rios.


Um Amor, Um Segredo e as surpresas que a vida reserva.

Autora: T. Greenwood
Editora: Novo Conceito
Páginas: 448
Gênero: Ficção/Drama


Harper Montgomery vive ofuscado pela tristeza. Desde a morte de sua mulher, há 12 anos, ele aprisionou-se em uma pequena cidade, Dois Rios, onde todo mundo se conhece, porque ali — justi¬fica-se — poderia criar melhor sua única filha. Atormentado pelo desgosto, Harper prefere esconder-se.
Mas a verdade é que a morte de sua mulher é somente um dos motivos de sua dor. Além de sofrer por sua perda, ele se sente culpado por um ato abominável: quando mais jovem foi cúmplice de um crime brutal e sem sentido. Há muito sentimento em jogo quando se trata de sua vida cheia de remorsos...
Então, um acidente de trem oferece a Harper a chance de redenção: uma das sobreviventes, uma menina de 15 anos, grávida, precisa de um lugar para ficar, e ele se oferece para levá-la para casa.
No entanto, a aparição dessa menina, Maggie, não tem nada de simples acaso, talvez, ela tenha alguma coisa a ver com o crime do qual ele participou um dia...


*Comentários:
Eu li um outro livro dessa autora também lançado pela Novo Conceito, mas o livro não me agradou tanto. Só que eu não sou o tipo de leitora que julga um autor por um único livro, gosto sempre de dar mais uma chance para ver se ele consegue me fazer mudar de ideia.
Então vou ler Dois Rios; é eu sei, outro drama. Por acaso esse é o mês dos dramas? rsrsrs
* Mais sobre a autora: 
T. Greenwood escreveu seis romances, incluindo Two Rivers e The Hungry Season. Recebeu vários prêmios e verbas para se dedicar à literatura, incluindo a Verba Nacional para a Literatura e as Artes e uma concessão do Conselho Artístico do estado de Maryland. A autora mora em San Diego, na Califórnia, com seu marido e suas duas filhas, onde dá aulas de redação criativa, estuda fotografia e continua a escrever. 

    O Amor Mora ao Lado.

  A Vida também nos reserva boas surpresas.

Autora: Debbie Macomber
Editora: Novo Conceito
Páginas: 160
Gênero: Ficção/Romance


Lacey Lancaster sempre quis ser esposa e mãe. No entanto, depois de um divórcio bastante doloroso, ela decide que é hora de dar um tempo em seus sonhos e seguir sozinha mesmo. Mas não tão sozinha: sua gatinha abissínia, Cléo, torna-se sua companhia de todas as horas. Até é uma vida boa — um pouco aguada, é verdade — a de Lacey. A não ser por seu escandaloso vizinho, Jack Walker.
Quando Jack não está discutindo, sempre em voz muito alta, com sua namorada — com quem insiste em morar junto — está perseguindo seu gato, chamado Cão, pelos corredores do prédio. E Cão está determinado a conseguir que a gatinha Cléo sucumba aos seus avanços felinos. Jack e Cão são realmente muito irritantes.
Mas acontece que a primeira impressão nem sempre é a que fica...


*Comentários: 
 Gostei do outro livro da Debbie que li, mesmo que a maneira que ela escolheu para narrar a história não tenha me agradado. Quando descobri que ela também é autora de livros de banca decide que gostaria de conhecer mais do trabalho dela. Esse novo lançamento já me agradou só com a sinopse, e ah é ROMANCE! Adoro! hahaha
Só tenho uma coisa a reclamar: Poxa Debbie não poderia escrever um pouco mais? Só 160 páginas? Quase não acreditei. :(
*Mais sobre a autora:

Debbie Macomber é uma das principais vozes femininas na literatura norte-americana.
Sete de seus romances chegaram ao primeiro lugar da lista de mais vendidos do The New York Times, com três deles estreando em primeiro lugar nas listas do The New York Times, do USA Today e do Publishers Weekly. Debbie vendeu mais de 160 milhões de cópias de seus livros em todo o mundo.



     Os Adoráveis.


Eles não têm medo de ser quem são.

Autora: Sarra Maning
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384
Gênero: Ficção/Romance


Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “;Melhor Blog sobre Estilo de Vida”; pelo ¬ e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos...
Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável...
Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane.
Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso.) 
Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “;ex”; — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ¬ ficaram pela primeira vez.


*Comentários: 
 Eu adoro livros com essa premissa, garoto e garota que são bem diferentes, mas que acabam gostando um do outro. Acho tão fofinho mesmo sendo clichê, já falei que os clichês não me incomodam? Pois é, eu gosto de clichês! rsrsrs
Gostei da capa desse livro é bem teen, estou com boas expectativas para a leitura.
*Mais sobre a autora:
Sarra Manning é escritora e jornalista. Foi editora do caderno de moda da Ellegirl, na Inglaterra. É articulista em revistas e jornais, como ELLE, Grazia, Red, InStyle, ¬ e Guardian, Sunday Times Style e Harper`s Bazaar. É autora best-seller com romances para jovens, mas escreve para adultos também. Sarra Manning vive no norte de Londres com seu Bull Terrier.
   

   Quando uma garota entra em um Bar.


   Você decide como a noite vai terminar.

Autora: Helena S. Paige
Editora: Novo Conceito
Páginas: 240
Gênero: Ficção/Erótico


Então você se arrumou toda para uma noite de amigas, daquelas onde só as mulheres participam, mas suas amigas mudaram de planos sem avisar e, agora, você está sozinha em um bar superbacana, arrumada e perfumada, e sem saber bem para onde ir...
O que você faz? Aproveita que já está por ali, pede uma tequila e dá uma boa olhada no yuppie que está na mesa ao lado? Ou pede uma cerveja e vai pra perto do palco arrebatar o baterista? Pode ser que você prefira uma paquera com o rapaz de botas de bico fino e músculos trabalhados que está encostado à parede.
Ou, quem sabe, tomar um café com o bombeiro que está cuidando da segurança dos clientes e que, neste instante, está verificando o funcionamento do extintor...
E isso tudo só pra começar! A escolha é sua — e você tem um mundo de possibilidades nesta noite que parecia começar mal!
Só não espere que esta experiência seja como outra qualquer, porque esta noite ficará definitivamente marcada em sua memória de erotismo e paixão.
Divirta-se com esta definitiva experiência sensual onde você, e só você, terá o controle de seu próprio prazer!


*Comentários: 
Esse livro me deixou muito intrigada porque a sinopse não revela muito da história, então não sei bem o que esperar. De uma coisa dá para ficar certo, é um erótico. 
Só espero que não seja daqueles cheios de cenas picantes sem nenhum conteúdo ou enredo a ser desenvolvido, como muitos outros que vemos por aí. Lembre-se que esse é indicado para maiores de 18 anos. ;)
*Mais sobre a autora: 

Helena S. Paige é o pseudônimo de três amigas. Paige Nick é uma premiada redatora publicitária e romancista. Mantém uma coluna no “;The Sunday Times”; da África do Sul, na qual debate namoro, sexo e todas as loucuras de que somos capazes.
Helen Moffett é o tipo “;faz-tudo”;: escritora freelancer, poeta, editora e professora que já lecionou em lugares tão distantes quanto Trinidad e o Alasca. Sarah Lotz é romancista e roteirista com uma queda por pseudônimos. Escreve ficção para jovens adultos e histórias de terror.
Juntas elas são Helena S. Paige, a autora deste emocionante, divertido e sensual livro do tipo “;escolha seu destino”;, em que você, certamente, terá seu final feliz.

                                              
  E aí já decidiram o que querem ler em Setembro? Mesmo querendo muito vou continuar sem comprar nada e me dedicar aos livros que já tenho, mas que ainda não li. :)

Beijos, e até logo!
                           
 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. Voltar ao Topo