Cai o Pano.



Autora: Agatha Christie
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 217  
Sinopse: O detetive Hercule Poirot já aposentado, volta com seu amigo capitão Arthur Hastings ao cenário da primeira investigação em que trabalharam juntos: a mansão Styles, agora transformada em hotel.
 Também hospedado na antiga propriedade está um misterioso assassino, responsável por cinco crimes sem relação aparente entre si.
 O extraordinário talento de Poirot para desvendar o intricado processo de mentes criminosas o leva a crer que um sexto assassinato será cometido. Mas quem será a vítima?
 Esta questão conduzirá o grande detetive belga no que pode ser o caso mais arriscado de sua carreira. E talvez o último. 
      

 Depois de ler esse livro, eu compreendi por que Agatha Christie é considerada uma excelente autora. Cai o Pano é um livro instigante, empolgante que te prende a cada página, faz com que você fique desesperado tentando desvendar o mistério. Ela conseguiu criar um personagem extremamente inteligente e astuto um mestre em solucionar assassinatos "perfeitos".
  Vocês irão se surpreender com toda a trama preparada pela Agatha, é muito legal. Quem gosta de suspense e mistério vai adorar Agatha Christie, ela é realmente um gênio dos romances policiais.
 Hercule Poirot e Arther Hastings estão mais uma vez juntos tentando solucionar mais um caso aparentemente solucionado. Eles voltam ao local da primeira investigação que fizeram juntos, a mansão Styles que agora é um hotel.
 Nesse hotel estão hospedados um grupo de pessoas, que sob um olhar superficial são inofensivas, mas Hercule Poirot afirma que dentre estas pessoas está um assassino muito perigoso prestes a cometer mais assassinatos. No começo Hastings não acredita no amigo; acha que ele já está idoso e sua mente não funciona mais como antes, contudo coisas estranhas começam a acontecer as pessoas começam a manifestar opiniões suspeitas e conversas sobre morte são frequentes.
 Hastings insisti para que Poirot lhe revele o nome do assassino, afirmando que desse modo será mais fácil detê-lo, mas Poirot se nega a dizer, alegando que Hastings é muito transparente e não conseguiria disfarçar quando estivesse diante do assassino que ele chama de "X".
 Então Hastings se lança em uma caçada que mais se parece um enigma, um quebra-cabeças, tentando descobrir a identidade do assassino e quem será a vítima.
 Em todos os assassinatos cometidos por "X", o responsável pelo crime tem sua culpa inquestionável sem que haja qualquer tipo de dúvida. No entanto há uma pessoa que a primeira vista não teve nenhum motivo para matar as vítimas, mas conhecia todas as vítimas e teve uma relação direta ou indireta com elas.
 Arthur Hastings estava no meio do cenário de um crime, com um assassino extremamente inteligente circulando livremente entre pessoas inocentes e decidido a fazer novas vítimas. Para tornar a situação mais preocupante, Hastings não tinha a mínima ideia de quem poderia ser.
 George Luttrell e Daisy Luttrell, Sir William Boyd Carrington, Stephen Norton, Judith Hastings, Barbara Franklin e John Franklin, Elizabeth Cole, Allerton, Curtiss e a enfermeira Craven.
 Qual dessas pessoas é o verdadeiro assassino que Poirot e Hastings precisam deter?
   Como o próprio Hercule Poirot diz "Que caia o pano".
                                                       
                                      

2 comentários:

  1. Já li esse livro, muito bom *-* Adoro os livros da Agatha, sempre perfeitos *-* adorei.
    Beijos, Vanessa.

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!

Tecnologia do Blogger.