24/07/2017

A Chama dentro de Nós.


Autora: Brittainy C. Cherry
Editora: Record
Páginas: 350
Gênero: New Adult/Drama
Tradução: Meire Dias
Série: Elementos #02
Avaliação:

                               Skoob | Amazon | Saraiva
Já espero ansiosamente pelos lançamentos da Brittainy C. Cherry, desde que li Sr. Daniels fiquei impressionada com a força das histórias que ela cria. Seus livros sempre trazem temas importantes a serem discutidos e em A Chama dentro de Nós não foi diferente.

O livro narra a história de Logan Silverstone e Alyssa Walters, os dois vivem em mundos completamente diferentes e se não fosse um encontro ao acaso em uma fila de supermercado a vida deles nunca teria se cruzado. Logan tem uma vida difícil, passa por diversas dificuldades não só financeiras, mas principalmente problemas familiares que o abalam profundamente. 

Já Alyssa tem um futuro promissor à vista, filha de uma advogada controladora e um músico, a garota sofre com a ausência e falta de interesse do pai. Quando conhece Logan em uma fila de supermercado, o mundo dos dois acaba se entrelaçando, uma grande amizade surge até que o sentimento evolui para algo mais intenso. Entretanto, tudo fica sem controle quando uma tragédia ameaça separá-los definitivamente. 
"[...] Você nunca se dá conta das coisas boas que tem até ver o que outra pessoa não pode ter." pág. 11



Brittainy C. Cherry já tem seu lugar mais do que garantido entre as minhas autoras favoritas da vida. Seus livros sempre conseguem me emocionar, me fazer refletir, além de trazer temas sociais importantes para discussão. 

Em A Chama dentro de Nós não é diferente, a autora provoca o leitor com situações que encontramos facilmente na vida real, os personagens são extremamente intensos e a autora não poupa na dose de drama inserida no texto chegando a causar angústia em alguns momentos, ao menos comigo foi assim.

Os personagens são bem construídos e cativam o leitor rapidamente, com realidades de vida bem distintas Logan e Alyssa são totalmente opostos. No início apenas a amizade é o bastante para ambos encontrarem refúgio nos momentos difíceis da vida, com o tempo o sentimento vai se tornando mais forte e os problemas vividos por ambos acabam interferindo mais no relacionamento deles.

Alyssa é quem tem a personalidade mais forte dos dois, ela é decidida e não mede esforços para apoiar e ajudar Logan, ele por outro lado se afunda cada vez mais em autopiedade ao longo da história; confesso que ele me irritou muito durante a leitura com seus roupantes de lamentos e autodestruição, para mim sua vida difícil e problemas familiares não justificam muitas atitudes e escolhas que ele fez ao longo da narrativa, felizmente o personagem vai evoluindo ao longo da trama e fui capaz de compreendê-lo melhor e aceitar seus momentos de fraqueza.  

A narrativa é desenvolvida em primeira pessoa com o ponto de vista alternado entre os protagonistas, temos a voz de Logan e Alyssa na trama o que para mim deixa o texto mais completo e a história mais ampla. A escrita da autora é extremamente envolvente e fluida, é o tipo de livro para se ler em "uma sentada" se você conseguir absorver com rapidez narrativas densas. 


Sobre a parte gráfica do livro a Editora Record não tem deixado a desejar nessa série, a capa do livro anterior é linda e a desse segundo volume é tão bonita quanto a primeira, a imagem retrata bem a história e o protagonista, poucas vezes vi uma capa que diga tanto sobre um livro quanto essas capas dessa série. A diagramação é simples, mas muito confortável, letras em ótimo tamanho, capítulos curtos e bom espaçamento do texto, não encontrei erros de revisão. 

A Chama dentro de Nós assim como outros livros da autora não foca apenas na história de amor entre os personagens, trata também sobre temas polêmicos como preconceito, diferença social, dependência química e conflitos familiares, assuntos fortes e totalmente reais que deixam a narrativa mais sólida e plausível. Leitura emocionante que fala sobre esperança e superação, super recomendada para quem aprecia o gênero!

A série:



01/07/2017

Série: Anne With an E



   Olá, leitores! Tudo bem?


A dica de hoje é uma série que já se tornou uma das minhas preferidas da netflix. Eu comecei a assistir sem grandes expectativas e acabei me surpreendendo e gostando bastante da adaptação. Anne With an E é baseada no clássico juvenil de muito sucesso, Anne de Green Gables da canadense L.M. Montgomery publicado em 1908.

Toda a trama gira entorna da órfã Anne Shirley, uma garotinha toda serelepe, tagarela e cheia de imaginação que acaba sendo adotada por engano pelos Cuthbert. Marilda e Matthew Cuthbert são dois irmãos solteiros donos de uma fazenda chamada Green Gables, já de idades avançadas nenhum dos dois podem mais se dedicar intensamente aos afazeres diários da fazenda; por isso decidem adotar um garoto que possa ajudar no trabalho pesado.

Entretanto, quando Matthew vai a estação buscar o tal garoto é surpreendido ao encontrar uma garota, sem outra opção ele acaba levando a menina para Green Gables. Anne fica imediatamente encantada com a beleza do lugar e está super empolgada por estar realizando seu maior sonho que é ser adotada e fazer parte de uma família. 

Entretanto, a realidade se mostra totalmente diferente de suas fantasias, Marilda Cuthbert é o completo oposto de seu irmão; a senhora fica revoltada por ter sido enganada e está decidida a devolver Anne ao orfanato. A garota fica desolada e se empenha ao máximo a fazer com que Marilda mude de ideia e a deixe ficar em Green Gables. 


A partir daí vemos Anne lutar pelo seu espaço sem deixar de encantar com sua sensibilidade e sabedoria de criança. Ainda não li o livro para saber se a série representa bem a história original, mas ao longo dos sete episódios encontrei elementos que me deixaram bem satisfeita com a adaptação. 

Os personagens me pareceram bem caracterizados, os diálogos são bem ricos e os meus preferidos com certeza são os da protagonista, o espectador pode tirar mensagens valiosas das falas dessa garotinha de treze anos. Gostei também do toque feminista inserido na série e o melhor é o fato de ser abordado aos olhos de uma criança; Anne lança ideias que provocam e fazem as pessoas daquela comunidade refletir. 

"As meninas podem fazer tudo que os meninos fazem e mais. A senhora por acaso se acha indefesa ou incapaz ?"  

Várias outras questões são levantadas ao longo dos episódios, preconceito, bullying, adoção, o papel da mulher na sociedade e diversos outros temas que não eram comuns de serem discutidos na época em que a história se passa. 


    "Grandes palavras são necessárias para expressar grandes ideias"

Como sou apaixonada por romances históricos e de época amei a adaptação, a fotografia é linda, a ambientação e figurino é um prato cheio para quem adora histórias do gênero. Estou ansiosa e com grandes expectativas para a próxima temporada!

Depois de concluir a série já inclui o clássico Anne de Green Gables no meu projeto de Clássicos para 2017, com certeza é uma leitura que vou gostar muito. Pelo que andei pesquisando o livro não é tão fácil de encontrar, achei algumas edições em inglês muito bonitas, e as em português não estão com preços tão acessíveis. 

Anne With an E é uma série deliciosa e comovente, perfeita para quem busca algo doce e ao mesmo tempo instigante e provocador!

Edições do livro:


Beijos, e até logo!
                                                    

29/06/2017

Pré-Venda: Corações Marcados.



 Olá, leitores! Tudo bem?

 Hoje trago novidade quentinha da nossa literatura nacional, a autora Shirlei Ramos está lançando seu novo livro em formado de ebook na Amazon. O novo trabalho da autora se chama Corações Marcados e promete ser uma leitura emocionante com uma história repleta de temas importantes e fortes que serão abordados na trama. 

Vamos lá conhecer um pouco mais de Corações Marcados!


Elena e Vítor cresceram em lares desestruturados. Quando se conheceram, foi como se seus corações marcados por traumas da infância se reconhecessem e se curassem.No entanto, uma morte inesperada os abala profundamente e conduz Vítor de volta ao inferno do qual acreditou ter escapado. Mergulhado em sofrimento e culpa, ele rompe o namoro com Elena e muda-se para outra cidade.Distantes um do outro, ambos conseguem reconstruir suas vidas e tornam-se bem-sucedidos profissionalmente – a despeito do muro que ergueram em volta de seus corações.O que nenhum dos dois previu, porém, é que o destino os reuniria após sete anos e os faria se confrontar com sentimentos e segredos muito bem guardados.Será o amor capaz de vencer a mágoa e a dor?

                Compre: Pré-Venda | Skoob | Facebook | Instagram

Desde que li a sinopse fiquei super curiosa com o livro, adoro romances e quando apresentam histórias que abordam assuntos importantes fico ainda mais interessada. Estou com grandes expectativas em relação a leitura!

Em breve teremos as primeiras impressões aqui no blog! Aproveitem para comprar o ebook na pré-venda, o preço está mais do que especial. Já garanti o meu ebook e vai ter resenha também. 💗💗💗


Shirlei Ramos é formada em Letras, com especialização em Línguas Francesa e Portuguesa, pela Universidade de São Paulo. Iniciou sua carreira como subagente literária. Atualmente, dedica-se à profissão de escritora e revisora de textos. O amor pela escrita começou na infância. Aos nove anos, fez uma adaptação, em folhas de sulfite, de um gibi da Turma da Mônica. De lá para cá, escreveu dezenas de pequenas histórias, contos e quatro romances. É autora de A Missão de Anabel, Atração Explosiva, O Par Perfeito, Nunca te esqueci, Um milagre para Jéssica, Mundos Opostos, Lembranças de um amor, Segunda Chance, A estrela mais brilhante e Corações Marcados.

                          Lançamento em 30 de Julho.

 Beijos, e até breve!

                                              

26/06/2017

Encontro com a Morte.


Autora: Agatha Christie
Editora: L&PM Pocket
Páginas: 240
Tradução: Bruno Alexander
Gênero: Romance Policial
Avaliação:
  

                                                     Skoob | Amazon  
Finalmente retornei com as leituras do projeto Agatha Christie. Dei início ao projeto no ano passado e desde então tenho me dedicado a ler um livro da autora por mês, mas desde o começo de 2017 tenho dado um intervalo maior entre as leituras para não me sentir saturada do estilo da Agatha.

Escolhi Encontro com a Morte para reiniciar as leituras e mesmo não sendo um dos melhores livros da autora é uma leitura tão envolvente quanto os livros mais brilhantes da rainha do crime. A história se passa no Oriente Médio em plena viajem de férias do nosso querido detetive Hercule Poirot.

O livro já tem inicio com Poirot sendo testemunha de um diálogo bastante comprometedor. O detetive ouve o trecho de uma conversar onde duas pessoas planejam a morte de uma mulher, Poirot guarda a informação para si já prevendo que um crime poderá acontecer. 

Enquanto isso uma família de turistas americanos estão em um passeio em Petra, Jerusalém. Tal família possui membros bastante peculiares em especial a matriarca que parece controlar todos cruelmente. Quando a sr. Boynton é encontrada morta toda a família se torna suspeita assim como todo o grupo de turistas que integram o passeio. Poirot mais uma vez é desafiado a desvendar o mistério que cerca essa morte que aparentemente nem parece se tratar de um crime.


Inicialmente publicado em 1938, Encontro com a Morte não é tão famoso quanto alguns outros livro da Agatha Christie, mas assim como os mais célebres de sua obra traz as características mais marcantes da autora. 

A história é estrelada pelo detetive belga Hercule Poirot com a trama central girando em torno de uma família, quem já leu algum livro da Agatha deve saber que autora utiliza com frequência essa mesma estrutura de trama, neste livro Agatha explora com mais profundidade o perfil psicológico dos personagens e isso permite que o leitor tem uma acesso maior a todas as pistas do crime. 

A narrativa é envolvente e como todo livro da Rainha do Crime impossível parar de ler, a narrativa é bem intrincada nos suga para dentro da história e você consegue se envolver muito mais com os personagens devido a análise psicológica presente no texto. 

O livro é narrado em terceira pessoa com o foco distribuído entre os personagens centrais, a família Boynton e principalmente os outros turistas que estão próximos a todos os acontecimentos da trama e têm relação direita com a família. 

Essa edição da L&PM Pocket me agrada bastante, os livros tem capas coloridas com ilustrações bem atrativas, estou fazendo coleção dos livros da Agatha nessa edição. Para um livro pocket a edição é satisfatória, a diagramação é simples, o espaçamento do texto é confortável, as letras estão em bom tamanho, nesse caso as páginas são brancas o que gera um pouco de incomodo em alguns leitores. 

Encontro com a Morte é um livro que reafirma mais uma vez a genialidade de Agatha Christie, com uma trama bem construída e um desfecho surpreendente este livro é uma boa dica de leitura para quem assim como eu, adora um bom suspense policial. 

                                                         
                              

19/06/2017

Amor Imenso.


Autora: Penelope Ward
Editora: Essência
Páginas: 272
Gênero: Romance/New Adult
Tradução: Débora Isidoro
Avaliação:
                                      
                           Skoob | Amazon | Saraiva         


Amor Imenso é o segundo livro que leio da Penelope Ward e já posso dizer que sua escrita e a forma como ela constrói suas histórias é o que mais me cativa em seus livros. As tramas são envolventes e bem intensas, impossível não se vê torcendo e sofrendo junto com os personagens ao longo da narrativa. 

Amor Imenso apresenta uma trama que no primeiro momento pode até se passar como apenas mais um romance clichê; história de amor que se desenvolve entre amigos de infância que a principio se detestam, mas que logo percebem  que o que sentem não é apenas amizade.

Justin e Amélia se conhecem desde a infância, os dois são vizinhos e acabam se tornando amigos inseparáveis, o elo que os une é a avô da Amélia por quem Justin tem um grande carinho. Tudo munda quando Amélia descobre o segredo que Justin tenta a todo custo esconder dela, isso é o fim da amizade dos dois.

Ela deixa a cidade onde mora para ir viver com seu pai. Vários anos se passam, a avó de Amélia morre deixando a casa na praia para os dois, isso é o que obrigará Justin e Amélia a se reencontrarei novamente, e depois de tantos anos a mágoa, os sentimentos e problemas mal-resolvidos ameaçam vir à tona e ambos parecem decididos a odiar um ao outro.

[...] Nunca parei de amar você. Houve um tempo em que tentei te odiar, mas nem assim parei de te amar." pág. 252


Mesmo já tendo lido muitos new adults, alguns antes mesmo de ser publicados no Brasil, este é apenas o segundo livro da Penelope Ward que leio e desde que li Meu Querido meio-irmão a escrita da autora e a maneira como ela desenvolve a narrativa logo chamaram minha atenção, seus livros apresentam as características típicas do gênero new adult, mas trazem um toque dramático que faz todo o diferencial dentro da trama.

Seus personagens extremamente intensos, quebrados e nada perfeitos também é outro diferencial de suas histórias. No inicio a autora consegue fazer o leitor meio que detestar o protagonista masculino só para irmos o conhecendo ao poucos e descobrindo suas qualidades ao longo da história; Justin possui uma pinta de babaca que vai sendo desconstruída no decorrer da narrativa fazendo você se encantar com o personagem ao final da leitura.

A narrativa é fluida e o leitor é sugado pela trama e suas reviravoltas, a autora cria uma expectativa e tensão em volta dos personagens que faz com que devoremos o livro para saber o que acontecerá a seguir. O livro é narrado em primeira pessoa do ponto de vista da Amélia, o que é algo que não me agrada tanto, prefiro muito mais quando temos também a voz dos dois protagonistas. A narrativa também apresenta flashbacks para situar e inteirar o leitor dos fatos importantes que ocorreram no passado de Justin e Amélia, o que é fundamental para a compreensão do conflito central da trama. 



A história toda se passa na casa de praia dos protagonistas em Newport, e além dos personagens principais temos poucos personagens secundários, além da namorada de Justin aparecem na história também alguns vizinhos próximos. O foco mesmo são os personagens principais e sua relação conflituosa.

Alguns leitores não gostam de capas nesse estilo, eu não me incomodo e até gosto de capas com modelos, desde que combinem com a história e nesse caso a capa retrata bem o protagonista. A diagramação é simples com páginas amarelas, letras em tamanha confortável, capítulos curtos e bem distribuídos. 

Não se engane achando que o livro é daqueles hots recheados de cenas de sexo que chaga a ser cansativo, em Amor Imenso a autora aposta muito mais na tensão entre os protagonistas, Justin e Amélia são intensos em seus sentimentos o que gera uma forte torcida pelo casal ao longo da narrativa. 

Amor Imenso é uma leitura deliciosa, bem construída que fala sobre perdão, recomeços, amadurecimento, e principalmente sobre descobrir o que é mais importante na vida. Leitura indicada para quem gosta de romances com uma leve pitada de drama. 
                                                          

15/06/2017

Fechando o Mês: Abril e Maio.



 Olá, leitores! Tudo bem?

Hoje trouxe o Fechando o mês duplo de Abril e Maio porque a pessoa aqui quando estava preparando o cronograma de Abril acabou esquecendo de incluir o post da coluna. hehehe

O bom é que juntando os dois meses o conteúdo fica mais consistente já que, Abril não foi um mês tão produtivo em relação a leituras como eu esperava. Gente, essas ressacas literárias estão acabando comigo! Tenho vários livros bons na estante para ler, mas está difícil de me concentrar nas leituras; o que salva mesmo são os ebooks que costumam ser leituras bastante rápidas. 

Lembram que fiz uma lista dos lançamentos que mais desejava e que a maioria ainda estava em pré-venda, pois é, acabei comprando alguns outros que já estavam na minha lista de desejos e agora terei que passar um bom tempo sem comprar nada; o difícil é resistir aos lançamentos incríveis que as editoras lançam todo mês. Estou aproveitando as promoções em ebook, e ainda bem que a Amazon tem colocado vários livros digitais em oferta, dá para garantir muita coisa boa! 💗 

Vamos lá conferir o Fechando o Mês duplo Abril e Maio!


📚 Lidos nos meses:


Leituras de Abril:

1. Quando a Bela domou a Fera
2. A Chama dentro de nós
3. Simplesmente o Paraíso
4. Colateral. [ebook]
5. Por trás da Fama. [ebook]

Leituras de Maio:

1. Atraída por um Higlander. [ebook]
2. Encontro com a Morte.
3. Ligeiramente Perigosos.
4. O coração da Fera. [ebook]
5. Raziel - Família Saints #02 [ebook]
6. Elemiah - Família Saints #03 [ebook]
7. Amor por um escocês. [ebook]

 📚 Lendo Agora:


Tenho percebido que meu ritmo de leitura tem caído bastante, estou passado por períodos mais longos de ressacas literárias e isso sempre me deixa muito estressada, algumas leituras não tem me prendido tanto quanto antes. Por isso venho tentando escolher melhor os livros que pego para ler, porque gosto quando as leituras me prendem de uma forma que não sinto vontade de largar o livro. 

No momento quem tem prendido minha atenção é Uma Pequena Mentira, um new adult bem típico mas como adoro livros do gênero estou gostando bastante da leitura. Louca por Hunter também é um new adult, mas esse é nacional e fez bastante sucesso no Wattpad, as autoras nacionais estão arrasando nos lançamentos! Comecei a ler também A pequena livraria dos corações solitários e até agora estou gostando muito da leitura, a narrativa apresenta vários referências de outros livros famosos o que nos deixa ainda mais instigados ao durante a leitura. Em breve resenhas!

📚  Resenha Abril e Maio:

Todo mundo vê formigas
Escândalo de cetim
Quando a Bela domou a Fera
Colateral

📚 Comprei em Abril e Maio:


Em Abril e Maio comprei apenas ebooks, antes não gostava nenhum pouco de comprar livros digitais preferia ter todos os livros na estante, agora tenho preferido comprar mais ebooks tanto pelo preço como também pela economia de espaço na estante, agora só compro físicos quando faço questão de tê-los na coleção. Esses aí foram todos comprados em ofertas e promoções na Amazon, todos por menos de R$10,00 reais e alguns baixados gratuitamente. 

📚 Metas e projetos de 2017.

Com as ressacas literárias os projetos de 2017 deram uma estagnada, estou empacada em Laranja Mecânica, o livro é ótimo, mas estou tendo dificuldades com as expressões e o tipo de linguagem diferente que o Alex, personagens principal utiliza na história. Vou explicar tudo na resenha.

Em maio retomei as leituras do projeto Agatha Christie, li um livro dela no mês e iniciei outro, mas ainda não conclui. Estou tentando retomar as leituras aos poucos e preferindo dar um espaço maior entre as leituras para não me sentir saturada do estilo da autora. 

Acho que a meta anual tem evoluído bem, mesmo com minhas dificuldades de concentração, espero aos poucos retomar o meu ritmo normal.

Meta de leitura: 100 livros
Lidos até agora: 32 livros


Esse foi o resumo de Abril e Maio, espero concluir junho com leituras ainda melhores! Me contem aí nos comentários como está sendo o mês de vocês!

Beijos, e até breve!
                                  


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. Voltar ao Topo