6/23/2012

A CASA DAS ORQUÍDEAS.


       
   
       Eu estava ansiosa para escrever essa resenha, depois que finalizei a leitura fiquei um tempo pensando a melhor forma de escrever, e como transmitir todas as sensações que tive ao ler A casa das Orquídeas.
      O que me conquistou de cara nesse livro foi o cenário e o lugar onde se passa a história. Uma enorme propriedade da Inglaterra de 1939, onde viveram lordes e ladies, são elementos que capturam totalmente o meu interesse.
     Já falei muitas vezes aqui o quanto sou apaixonada por romances históricos e Lucinda Riley conseguiu mostrar todo o encantamento dos romances históricos em uma trama que mistura o passado e o presente.
     A casa das Orquídeas nos apresenta a história de Júlia Forrester, uma mulher de 31 anos que está passando por um momento trágico em sua vida que afetou completamente a sua brilhante carreira de pianista.
     Estando totalmente devastada e sem rumo ela é levada por sua irmã, Alícia Howard de volta a sua terra natal e consequentemente a Wharton Park, o lugar onde viveu toda a sua infância e que agora está prestes a ser vendida, pois o novo lorde Crowford não possui meios de manter a propriedade.
     Wharton Park sempre foi o lugar preferido de Júlia, ela cresceu nas estufas da propriedade onde seu avô cultivava uma variedade de orquídeas. Foi lá também que ela e Kit Crawford, o novo herdeiro do lugar se conheceram quando ainda eram crianças.
      Agora que Júlia tenta recuperar-se de uma grande perda e refazer sua vida ela e Kit reaproximam-se, e a descoberta de um diário bastante antigo onde é narrado as penúrias sofridas por seu autor em uma época devastada pela guerra, traz revelações e segredos do passado que modificaram o destino da bela Wharton Park.
     A casa das Orquídeas é um dos livros mais intensos e uma das histórias mais incríveis que já li; a autora conseguiu me prender do começo até a última página do livro e as 560 páginas são absolutamente deliciosas de ler.
    O ambiente criado pela Lucinda Riley é magnífico e inspirador, ela conseguiu transmitir para o leitor todo o clima e as sensações descritas no romance o que fez com que eu fosse capaz de reconstruir na minha mente a Wharton Park idealizada por ela. 
    O livro é dividido em duas partes (Inverno e Verão) e a narrativa intercala momentos do passado, quando as revelações são feitas e do presente onde nos é apresentado os conflitos de Júlia; tudo narrado em terceira pessoa.
    O romance é repleto de personagens variados e dentre todos eles o que mais me encantou foi o Kit Crawford, ele é muito carismático, divertido, sensível e muito fofo um completo lorde.
    A capa do livro é linda e retrata na frente um momento do presente e na parte de trás o passado; achei bem sugestivo e delicado também. As letras do título deram todo um charme à capa, amei a cor.
    Já a diagramação é simples, mas os capítulos possuem letras iniciais grandes e desenhadas que traz um encanto a mais para o livro. Não encontrei erros de revisão e o texto foi impresso em uma boa fonte que é de fácil leitura.
     A casa das Orquídeas é um belo romance que encanta logo nas primeiras páginas e que deixa o leitor desejando muito mais! *.*

      

5 comentários:

  1. As resenhas sobre esse livro até agora tem sido muito positivas, e a história realmente parece ser cativante, eu já o achei por um preço bem barato na livraria aqui da minha cidade, acho que talvez eu compre.
    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Juro pra você que não sabia que esse livro se passava em uma época de lordes e ladies. Gostei bastante do que esse enredo promete e com certeza vou passá-lo a frente nas leituras, já que só tenho visto resenhas positivas a respeito dele. :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  3. Rafa!

    Eu PRECISO ler este livro. Adoro livros históricos.
    Você fez bem em dar um tempo para escrever a resenha *.*
    Um livro tão grosso que encanta todo o tempo merece e muito ser lido.

    Bjins

    ResponderExcluir
  4. Caramba amei sua resenha ainda não tinha lido nenhuma desse livro, quero muito ler as 560 páginas dele (ele não é um dos prêmios da caixa surpresa NC????) quero muiiiito.
    Bjos linda e sucesso nas próximas leituras.
    te espero no meu LVP viu!!!

    ResponderExcluir
  5. Acho a capa desse livro muito bonita, mas juro que ainda não consegui perceber o passado e o futuro nela =s Ah, e eu achei bem legal que a história seja intercalada nos dois tempos :)
    Ainda estou em dúvida quanto a ler ou não A casa das orquídeas, talvez eu leia mais pra frente!

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. Voltar ao Topo