Sessão Filmes: Conan, O Bárbaro.





Título original: Conan the Barbarian
Direção: Marcus Nispel
Gênero: Ação, fantasia, épico, aventura
Duração: 115 min.
Classificação: 16 anos
Ano: 2011
País: EUA
Elenco: Jason Momoa| Rachel Nichols | Rose McGowan |Ron Perlman | Stephen Lang

    Há algum tempo tenho vontade de assistir a esse filme, mas nunca encontrava oportunidade para isso; então esse fim de semana resolvi matar a curiosidade. *-*
   Adoro filmes épicos e esse despertou o meu interesse pelo personagem principal ser um guerreiro destemido, e claro pelo ator que dá vida ao personagem, impossível não perceber que ele é lindo! ;)
    Conan é um personagem de HQ, criado por Robert E.Howard em 1932, foi adaptado pela primeira vez para o cinema em 1982 e protagonizado por Arnold Schwarzenegger.
    Em 2011 foi lançado uma nova versão para o filme, que conta com Jason Momoa no papel principal.
    Conan, O Bárbaro nos retrata um ambiente de selvageria, massacre e sangue muito sangue.
    Conan é um Cimério que nasce no campo de batalha quando sua mãe é atingida pela espada de um inimigo para salvar a criança, seu pai é obrigado a  fazer uma cesariana que leva sua esposa à morte.
     A partir daí o garoto é criado por seu pai, Corin. Desde pequeno Conan já demonstra uma habilidade assustadora para se tornar um guerreiro feroz.
   Na sequência, os Cimérios são atacados pelo malvadão Khalar Zym (Stephen Lang) que busca reunir as partes perdidas da "Máscara de Acheron", um objeto maligno e poderoso que pode ser usado para dar poder aquele que o possuir e usado também para dominar o mundo.
Khalar Zym pretende usar a máscara para obter poder, trazer sua querida esposa feiticeira do mundo dos mortos, e de quebra se tornar um Deus. E para isso ele conta com a ajuda de Marique (Rose MacGowan) sua filha também feiticeira.
A aldeia de Conan é destruída e ele é o único sobrevivente, então jura reencontrar Khalar Zym e vingar a morte de seu pai.
Depois de alguns anos o vilão descobre o paradeiro da última  peça que faltava para alcançar o seu objetivo; ele precisa encontrar uma mulher de sangue puro para fazer com que a máscara funcione.

  É quando Tamara (Rachel Nicholas) entra na história, seu caminha cruza com o de Conan quando ela está fugindo das garras de Khalar Zym.
 Assim, o guerreiro tem o trunfo que precisava para encontrar o assassino de seu povo e enfim, cumprir sua promessa.
 E a batalha promete ser sangrenta...

  Depois de assistir ao filme fui buscar outras informações e descobri muitos comentários negativos, classificando o filme como sendo muito ruim. Como não sou nenhuma crítica de cinema não vou opinar sobre isso, o meu olhar foi apenas de uma espectadora que buscava entretenimento e diversão ao assistir o filme.
  Gostei bastante de Conan, O Bárbaro; o filme me deixou com os olhos grudados na tela do começo ao fim. As cenas de ação e luta deixam o espectador sem fôlego e mesmo não gostando de filmes violentos e banhados a sangue, Conan me conquistou e me deixou desejando uma continuação.
   Como nem tudo são flores, o final não me deixou muito contente, para mim faltou um algo mais; acho que a história merecia um desfecho melhor.
    Para quem gosta de ação e muita aventura Conan, O Bárbaro é uma boa opção! 
    

       Já assistiu, então me conta o que achou! 


                   
          



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© FASCINADA POR HISTÓRIAS - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo