7/05/2013

Simplesmente Ana.




     Histórias de princesas e contos de fadas sempre se destacam da demais; esse tipo de enredo tem uma magia única que desperta o interesse do leitor que termina por se render aos personagens, clima e características que consagram essas histórias.
   É impossível não ficar ao menos curioso com livros nesse estilo e quando a tal princesa em questão é uma típica brasileira a curiosidade se torna irresistível. Eu gosto muito de romances com essa temática, então esse livro já ganhou pontos só pela sinopse.
  Simplesmente Ana narra a história de uma garota simples que da noite para o dia, descobri que é filha de um rei que não sabia de sua existência. Pois é, concordo que já vi uma história parecida com essa por aí. 
  O diferencial em Simplesmente Ana é a história contada sob o olhar de uma personagem com a qual podemos nos identificar; o fato de ela ser brasileira traz uma pequena ligação com nossa realidade. 
  Ana descobre ser filha de Andrej Markov rei da Krósvia através do Facebook, ele não sabia que sua mãe estava grávida quando ela o deixou, e agora depois de 20 anos ele deseja que sua filha conheça seu reino que também lhe pertence.
  A ideia é que a garota embarque rumo a Krósvia por apenas seis meses para conhecer o país de seu pai. Então ela deixa o Brasil, sua faculdade de Direito, sua melhor amiga e Artur o garoto com o qual deseja assumir um compromisso mais sério.  
  Já em Krósvia Ana fica impressionada com a beleza e exuberância do lugar, mas nem tudo são flores em sua nova vida. Apesar de estar vivendo um conto de fadas, Ana também encontra uma pedra no seu sapato naquele castelo. 
  Seu nome é Alexander enteado de seu pai; é rejeição à primeira vista. Os dois não se suportam. Alex é grosseiro e faz questão de deixar claro que não gosta nenhum pouco da nova filha de Andrej. 
  Apesar de se sentir atraída pelo bonitão, Ana não dá o braço a torcer e  sempre que se encontram sobram farpas para todos os lados. Claro que por trás dessa implicância toda há o surgimento de um sentimento que os dois não conseguem esconder por muito tempo. 
  Quando Alex se torna uma espécie de guia turístico de Ana, os dois ficam mais próximos e têm a oportunidade de se conhecerem melhor, o que não agrada nada a Laika( impossível não rir desse nome!) namorada do Alex. 
  Assim, Ana se mete nas maiores confusões tentando se adaptar à sua vida de princesa e ao seu novo mundo. E com todas as suas descobertas como não poderia faltar em todo bom conto de fadas, Ana ainda terá a oportunidade de viver uma fofa história de amor.
 Era algo muito mais poderoso e forte, que o puxava para perto de mim como se fosse uma espécie de hipnose. No entanto, como isso era possível? Nós nem gostávamos um do outro. Vivíamos implicando e jogando indiretas, mal nos tolerávamos..." pág. 96 
   Quando peguei Simplesmente Ana para ler estava buscando uma história leve, com um romance bem doce e fofo e uma história com a qual pudesse me divertir; foi exatamente isso que encontrei. 
   O livro é descontraído e gostoso de ler, mesmo sendo um tema batido que tem muitas semelhanças com outras obras, para mim foi uma leitura empolgante e com elementos suficientes para prender a minha atenção e despertar o meu interesse.
  Marina Carvalho tem uma linguagem fácil de compreender e de se envolver, a narrativa é divertida e me arrancou várias risadas. A leitura fluí de forma muito rápida e o leitor é fisgado pelos conflitos de Ana.
  No entanto, o livro peca um pouco na rapidez com que tudo acontece. A história já começa com Ana conhecendo seu pai depois disso, ela já está na Krósvia e a partir daí a velocidade dos acontecimentos dá uma desacelerada. 
  O romance de Ana e Alex demora a acontecer e quando finalmente acontece tudo é muito rápido e a história já se encaminha para o final. Alguns personagens não foram tão bem explorados e a história acabou ficando centrada apenas na expectativa do romance entre os protagonistas. 
  O cenário onde se passa a história foi um dos pontos altos do livro, através das descrições feita pela protagonista consegui visualizar aquele cenário que a autora queria passar, adorei a Krósvia! 
  O livro é narrado em primeira pessoa sob o ponto de vista da Ana e me diverti muito com suas divagações, sua implicância com a Laika e seu derretimento apaixonado pelo Alex. Ela é uma protagonista fácil de gostar, mas que é muito atrapalhada em alguns momentos; Ana não se encaixa em nada no estereótipo de princesa perfeita e isso me fez gostar ainda mais dela.
  Alexander é o mocinho gostosão da história, adorei esse personagem. Ele consegue ser marcante e não passa de forma alguma despercebido, gosto de protagonistas que conseguem se destacar dentro da trama e isso Alex conseguiu perfeitamente.
  O trabalho feito pela Novo Conceito está primoroso, a capa é encantadora e muito linda, a diagramação é simples, mas muito delicada. 
   Simplesmente Ana é uma leitura para quem deseja sonhar e se apaixonar com uma história de amor deliciosa e personagens cativantes. :D

                                  
      

6 comentários:

  1. Quero muito esse livro, ele já está na minha lista de aniversário. Acho essa capa linda e geral tá falando bem =)
    Parabéns pela resenha, ficou ótima. Bjos

    ResponderExcluir
  2. O Alex é um fofo, não é? <3
    Fiquei órfã da história quando terminou, mas a autora vai lançar mais duas continuações. Fiquei super feliz! :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  3. Oi Rafa! Eu não gostei do livro,fiquei bem triste por isso, acho que o cenário foi um ponto positivo, mas a protagonista é muito cansativa e forçada, vi muitas resenhas positivas, tal como a sua, mas para mim não funcionou, Ana tenta sempre ser a certinha e melhor que os outros e eu não aguentava mais ela exaltando a beleza de Alex a cada duas frases. Mas como disse agradou muita gente, que bom, mas gosto é gosto.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Olá, Rafa!
    Adorei a resenha. Obrigada pelas palavras de incentivo. Como disse a Luara, "Simplesmente Ana" será uma trilogia. Os personagens secundários se destacarão mais nas continuações. ;)
    Um beijo para você!
    Marina Carvalho

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Eu estou louk para ler este livro, ele parece ser bem do jeito que eu gosto.
    Adorei sua resenha!

    Beijinhos*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Alex, Alex, Alex! rs

    Eu gostei deste livro. Algumas vezes é gostoso ler romances fofinhos como foi neste livro! E adoro quando tem namorada chata no meio! rs

    Isso mostra como nossos autores são bons!!

    Beijos

    Gláucia - booklover.com.br

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. Voltar ao Topo