Um pouco sobre Gêneros Literários: Romance Policial.

       Olá, leitores!
  
  Hoje é dia de mais uma edição da nossa coluna que fala um pouco sobre gêneros literários. O gênero escolhido para hoje é o Romance Policial, alguém gosta? Eu gosto bastante, é sempre garantia de leitura instigante, que prende a atenção do leitor e que estimula a imaginação e curiosidade. 
  O primeiro contato que tive com o gênero foi através dos livros da Agatha Christie que na minha opinião é a diva do policial. A minha coleção de romances policiais ainda é pequena, mas opções é o que não faltam e com certeza ela ainda vai crescer. 
  O Romance policial é um gênero que se caracteriza por sua estrutura narrativa, ou seja, temos a apresentação de um crime, uma investigação e finalmente a revelação do criminoso. Nesse tipo de narrativa o foco é centrado na resolução do mistério, onde essa tarefa é função de um detetive.
  O objetivo da narrativa policial é desvendar a identidade misteriosa do criminoso através das pistas reunidas pelo detetive. 
  O gênero que conhecemos como Romance Policial teve seu início em Abril de 1841, nas colunas de um periódico da Filadélfia, o Graham's Magazine, com a publicação de The Murders in the Rue Morgue (Dois Crimes na Rua Morgue), de Edgar Allan Poe.
  

  















  Em 1928, S.S. Van Dine, o romancista criador do genial detetive Philo Vance, estabelece as regras de uma boa narrativa policial. No artigo "As vinte regras do Romance Policial" do The American Magazine, Van Dine conclui que o escritor deve “jogar limpo” com o leitor. Portanto, a luta de intelectualidade deve acontecer em dois níveis: entre o detetive e o criminoso e entre o autor e o leitor. Nessas duas lutas, a identidade do culpado é o mistério para o qual tanto o detetive quanto o leitor devem ser guiados através de um sistemático exame de pistas. 
  As regras são:
 * O leitor e o detetive devem ter as mesmas oportunidade de desvendar o mistério, mas o leitor nunca deverá superar o autor;
 * O herói do romance, nesse caso, o detetive sempre sairá vencedor, pois se o contrário acontecer, o fato será atribuído à baixa qualidade da estória e, portanto, não haverá suspense, uma solução surpreendente ou catarse (purificação).
 * No romance policial não pode haver intriga amorosa para não atrapalhar o processo intelectual do detetive.
 * O romance deve ter um cadáver para causar horror e desejo de vingança.
 * O culpado deve ser um dos personagens comuns, mas gozar de certa importância e não um assassino profissional.
 * O culpado nunca poderá se o detetive e o crime deve ser cometido por razões pessoais.
 * A solução do mistério deve estar evidente desde o início para que uma releitura possa mostrar ao leitor o quanto ele foi desatento.
 * As pistas devem estar todas presentes e o leitor deve se surpreender ao saber a identidade secreta do assassino.
 * O romance deve ser verossímil, mas não cheio de descrições já que se trata de um jogo. 
O romance policial é um dos mais queridos da literatura e são muitos os detetives que se destacam e fazem muito sucesso entre os leitores. Dentre eles temos, Sherlock Holmes, Hercule Poirot, Auguste Dupin, Philip Marlowe, Maigret, entre outros. 
 O gênero apresenta alguns estilos com características bem diferentes: Whodunnit, tipo de romance policial em que há vários suspeitos para o crime, o culpado é revelado apenas nas últimas páginas.
Noir, a história gira em torno de vários outros fatos, os detetives costumam apresentar aspectos humanos como beber, brigar e se envolver em romances, a história não fica apenas centrada na solução do mistério.
 Thriller Jurídico, são protagonizados por advogados e os personagens do meio policial, a solução do mistério é revelada perante um juiz. Thriller Médico, protagonizados por médicos, a investigação e solução ocorre por meio de análises médicas. 
Espionagem, envolve a investigação de crimes internacionais, mafiosos e crimes diplomáticos.   
  Não tem como não gostar do gênero, os livros prendem a atenção de tal forma que o leitor fica meio que obcecado pela leitura e por todo o mistério. Os romances policiais são uma espécie de desafio para a mente e o raciocínio do leitor. Se você ainda não leu nada do gênero precisa começar logo, garanto que a leitura será intensa e marcante. 

         Confira algumas dicas para você escolher sua leitura Policial: 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Romance_policial
http://www.ciencialit.letras.ufrj.br/garrafa5/6.html                                       

3 comentários:

  1. Amiga querida estou adorando essa coluna do seu blog, além de trazer informações bem interessante ajuda a esclarecer dúvidas. Amei e estou ansiosa para as próximas. Bjos e sucesso!!!!

    Adoro alguns autores desse estilo!!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post sobre steampunk e agora adorei esse também. O outro me ajudou a conhecer mais um gênero que eu ainda não conhecia e esse agora me fez lembrar que eu gosto muito dos romances policiais. Um autor que estou lendo atualmente é John Sandford. Gosto muito da Agatha Christie e me sinto culpada por ainda não ter lido nenhum livro com o personagem Sherlock Holmes. Achei massa essa lista e vi que realmente acontece na maioria dos bons livros.

    www.amorporclassico.com

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Adorei o post.
    Eu amoooooooo o gênero policial, sou viciada, A forma como o escritor mantém a narrativa sempre envolvente e inquietante me fascina. Amo a Agatha Christie.
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© FASCINADA POR HISTÓRIAS - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo