Um pouco sobre Gêneros Literários: Romances de Banca.



      Olá, galera!

  Hoje temos mais uma edição da coluna Um pouco sobre Gêneros Literários; estou me divertindo muito escrevendo os posts dessa coluna e principalmente lendo os comentários de vocês! :)
  A edição de hoje é mais do que especial, porque há muito tempo quero falar sobre isso aqui no blog. Os livros de banca têm um espaço muito especial no meu coração, pois foram eles o meu primeiríssimo contato com a leitura, antes de conhecer Harry Potter e sua turma e me apaixonar por Crepúsculo eu já comprava os meus primeiros romances de banca. 
  Esse é um tipo de leitura que sempre causa muito polêmica, já li comentários e opiniões de todos os tipos, pessoas que amam de paixão, pessoas que odeiam e que nem conseguem vê-los como uma opção de leitura. Mas se tem uma coisa que percebi em relação aos romances de banca ou de mulherzinha como alguns chamam, é que eles fazem muito sucesso entre um grupo específico de leitores e são também muito procurados.
 Lembro que quando frequentava com mais assiduidade as bancas de jornais e sebos perto de casa eu percebia que esses livros tinham uma enorme saída. Sempre que ia comprar alguns, restavam pouquíssimos para escolher; a pessoa que me vendia falavam que esses livros eram vendidos muito rápido e se eu quisesse ter mais opções de escolha, tinha quer ir comprar mais cedo. 
  Então quando eu comecei a conhecer e visitar site sobre literatura não consegui compreender da onde vinha tanta rejeição em relação a esses livros. Já vi até opiniões de pessoas dizendo que os romances de banca são para gente "intelectualmente inferior", sem falar em outras pérolas ditas por aí. 
 Esses livrinhos que eu acho super gostosos de ler apresentam características que são frequentemente alvo de criticas; títulos chamativos e muitas vezes constrangedores, traduções que deixam a desejar e que quase sempre comprometem as histórias, finais felizes extremamente açucarados que incomodam e tiram do sério os leitores que gostam de narrativas mais realistas, e por fim são impressos em papel de baixa qualidade daí os preços mais acessíveis.
  Entretanto, nada disso pode ser usado para agredir ou diminuir aqueles que gostam e são fãs do gênero, todo tipo de leitura é válida e quem determina o que ler é o próprio leitor que paga pela sua leitura. Para mim eles são uma ótima opção para os momentos em que preciso relaxar, me divertir e suspirar com uma história romântica e doce (sim, sou uma romântica assumida!), enfim o gênero é um dos que tenho imenso carinho. 
 Muitas das autoras que são sucesso de vendas nas grandes editoras também já tiveram milhares de livros em formato de banca e foi lá que as conheci e virem fã delas; a exemplo temos Julia Quinn, Nora Roberts, Hannah Howell, Candace Camp, Maya Banks, Nicole Jordan entre outras. 
  Depois de mais algum tempo fuçando a blogosfera literária esqueci as criticas negativas e me concentrei nas pessoas que também gostam do gênero e que considero verdadeiros especialistas em Romances de Banca, essas pessoas me apresentaram várias opções de leituras no estilo e que rederam intermináveis listas de desejos e compras. 
Abaixo vocês podem ver uma parte da minha coleção de romances de banca, acho que nunca mostrei aqui no Fascinada por Histórias, mas adoro comprar os livrinhos. 
Adoro passar horas nas bancas de jornal escolhendo os que mais me agradam, sempre dou um jeito de fazer uma visitinha aos sebos ou bancas.
 De uns tempos para cá foi que parei de ir tanto, agora vou mais quando vejo alguma resenha que me chama atenção ou dicas de alguns que quero muito ler.  
Os Romances de Banca são classificados em vários selos diferentes que facilitam na hora da escolha, pois através desses selos você já tem uma ideia do que esperar em cada livro. 
  Entre alguns selos os mais famosos são Júlia, Sabrina, Bianca, Jessica, Históricos (meus preferidos!), Paixão, Desejo, Destinos. Alguns são histórias no estilo conto de fadas, outros são sobre guerreiros fortes e sedutores e donzelas destemidas ou em apuros. E tem aqueles com cenas mais quentes e picantes com mocinhos milionários e super desejados e mocinhas frágeis, teimosas e em dificuldades. O bom é que tem leituras para todos os gostos e estilos. 

  De acordo com o que pesquisei sobre os Romances de Banca eles tiveram origem no Brasil em 1935 quando a Companhia Editora Nacional publicava coleções de livros chamados de Biblioteca das Moças. A coleção era composta de 180 volumes, com romances de vários autores, a grande maioria assinada por M. Delly.
  O romances eram geralmente ambientados na França e possuíam estrutura definida: herói nobre e rico e heroína plebeia e pobre, casamento feliz. Os romances de amor eram consumidos pelas mulheres jovens da elite brasileira, e através deles houve a "importação" do modelo aristocrático francês para a educação feminina como ler romances, por exemplo que ajudam a construir culturalmente uma imagem de mulher burguesa. 

  O gênero só ganhou popularidade mesmo nos anos 70 através da Editora Nova Cultural que começou a publicar as coleções Sabrina, Julia e Bianca. 
 Então não é de hoje que o gênero faz a cabeça de milhares de leitoras de várias faixas etárias e classes sociais, esses livrinhos dão muito pano para manga, dividem opiniões e continuam conquistando milhares de leitores todos os dias. 
  E vocês? Já leram, ainda leem ou não gostam de Romances de Banca? Me conta aí! 
  Espero que tenham gostado do tema da coluna de hoje. Espero vocês na próxima! :)
  
              Algumas dicas de Romances de Banca.

 Fonte    
                    

11 comentários:

  1. Adorei a sua coleção! Os romances de banca não fazem muito meu gênero, às vezes, leio algum para variar.

    Adorei o blog!
    Estou seguindo.

    Ficarei feliz com uma visita sua ao meu blog!
    www.meuslivrosesonhos.blogspot.com.br

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Romances de banca me fazem lembrar da minha mãe que adora ler!
    Aprendi a gostar por causa dela!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Oi Rafinhaaa!!!

    Romance de banca definitivamente é um gênero que não me conquista!
    Sei lá... É meio que sempre a mesma coisa! A mocinha e o mocinho, se apaixonam e rolam num nheco nheco danado!
    Aiii do nada brigam, se separam, rolam no nheco nheco de novo (mesmo brigados), brigam mais um pouco...
    No final ficam de bem e adivinha?!
    Maaais nehco nheco! kkkkkkkkkkkkkkk

    Acho que ainda não tive sorte de ler um mais romântico... Pois vi ai no seu post que existem vários temas né?!
    Me indica algum?! ^^

    Que bela coleção hein! Minha tia tinha um monte desses "Sabrina e Bianca", mas mesmo gostando de ler, nunca tive curiosidade por eles!

    Beijokinhas da Giiiii

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Giiiii!
      Ri muito! Adoro seus comentários, são muito divertidos! nheco, nheco é hilário! kkkkkkkk
      É verdade mesmo, a maioria é bem assim. Mas, os da Julia Quinn são excelentes. Tem também Audácia da Candace Camp que é um dos meus preferidos e a Bela e a Fera da Hannah Howell que também é muito bom. :)

      Beijos!

      Excluir
  4. Amei o post!!!
    Independente do gênero, o que vale é o respeito à individualidade e gosto pessoal! Que bom que o mundo é repleto de gêneros diferentes, assim pode agradar e conquistar cada vez mais leitores, porque o que vale é LER!!!
    Bobagem é perder "tempo" falando mal do gosto alheio, mas o utilizem para ler o que lhe agradam e deixem cada um no seu cantinho! Abaixo o preconceito!!!
    Faz anos que não leio romances de banca, anotei suas sugestões e vou saboarear!
    Beijos e muito sucesso ao blog!!!

    Annamaria
    arvoredoscontos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Rafa adorei a escolha do tema dessa coluna. Confesso que antes de me tornar blogueira tinha um pouco de preconceito com esses livrinhos, mas depois dei uma oportunidade e acabei adorando; mas acredito que nem todos são bons, assim como em qualquer estilo - gênero literário, tudo depende do escritor e da proposta da história.
    Para mim o segredo está em ler as autoras mais consagradas etc. Enfim parabéns mais uma vez pelo post e que coleção enorme vc tem, todos lidos???? Bjos

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Aline!
    Pois é, concordo com você. Depende muito do autor, da maneira como escreve e da construção da histórias. Já li alguns que eram bem ruins, mas outros que fiquei apaixonada. Da minha coleção já li todos, comprava mais antes de ter o blog. :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Tenho que confessar que não sou muito fã de romances de banca, mas, tem um em especial que me encantou muito! Já leu A face oculta do amor da Rosemary Carter?! Se não leu ainda tem que ler, ainda mais porque gosta de romances de banca! É tão lindo *-* kkkkkk
    Adorei saber um pouco mais sobre os romances de banca e adorei a coleção ^^'

    Beijos
    @PollyanaCampos
    entrelivrosepersonagens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    Eu adorei sua postagem, pois está bem completa.
    Eu já li muito livros de banca. Tinha uma época que eu era viciada e também foi uns dos meus primeiros contatos com leitura.
    Eu acho um absurdo esse preconceito porque na maioria das vezes. as histórias são ótimas e é perfeito para passar o tempo.
    Eu tenho muitos ainda rsrs
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Outro dia baixando estes romances que amo me deparei com romances destes voltados pra homos e ate pra quem curte sexo a três , creio que eles não podem ser mais rotulados de romances de mulherzinha !!! já li clássicos da literatura que nem chegaram aos pés de alguns romances de banca que li , então a coisa é bem subjetiva. E OLHA NÃO LEIO SO COISA MODERNINHA JÁ LI MUITO NESTA VIDA DE LITERATURAS CONSAGRADAS.

    ResponderExcluir
  10. O que existe e muito preconceito , há livros bons e péssimos , tanto na literatura de banca quanto na literatura, (rotulo aqui como) literatura seria rs .Além do mais ai entre o gosto de cada em particular .

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© FASCINADA POR HISTÓRIAS - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo