Uma Vez na Vida.



























                    Adicione no Skoob Compre: Saraiva | Submarino | Cultura
                                         
 Finalmente consegui finalizar a leitura desse livro! Sabe quando você está super ansiosa para ler um livro, mas quando vai ler ele acaba te decepcionando? Foi isso que aconteceu com Uma Vez na Vida. O fato é que esperava um pouco mais do livro.
 Em Uma Vez na Vida acompanhamos a saga (para mim pareceu mais uma saga. rsrsrs) de Tess e George. Ela é uma garota que adora moda vitage e seu sonho é ter uma loja só com roupas nesse estilo, vive um relacionamento estável de muitos anos com Dominic e mesmo não gostando do emprego no qual trabalha não tem coragem suficiente para abandoná-lo. 
 George é um músico que sonha em viver de sua arte. Está sempre na luta para que a banda de jazz onde toca com os amigos alcance o sucesso que merece, vive em conflito com o pai que não aceita a carreira que o filho escolheu. 
 Tess e George tem vários amigos em comum e mesmo que todos afirmem que eles deveriam ficar juntos, que combinam bastante e são almas gêmeas, os dois não se conhecem apesar de todo os esforço dos amigos para mudar isso. O que acontece são várias sucessões de quase encontros, oportunidades perdidas e muitas decisões equivocadas. Quando eles finalmente se encontram os caminhos da vida insistem em mantê-los separados. 
  Cidades e países diferentes. Casamento, esposa e filha. Namorado e planos de casamento. Será que é possível separar duas almas gêmeas?
As pessoas sempre dizem, pensou Tess, você é jovem demais, ainda não se conhece. Mas não dá pra controlar quando é que você vai encontrar sua alma gêmea. Se tiverem sorte, vocês se descobrem cedo. E se isso acontecer, vocês têm mais tempo pra passar juntos. Vocês têm a vida toda para poder se conhecer." pág. 69
  O mito das almas gêmeas é um dos temas que mais gosto de ver nos livros por isso estava convencida de que Uma Vez na Vida me agradaria logo de cara, por isso me surpreendi muito por a narrativa não ter me convencido. A razão do meu desagrado não está nos personagens, nem no enredo em si, mas na forma como a autora conduziu a trama. 
 Os personagens até divertidos e deixam a narrativa mais leve, eles foram um dos pontos que mais me atraíram no livro, o destaque vai para a turma de amigos de Tess e George que garantiram bons momentos de diversão durante a leitura. 
 Tess é um pouco mais convincente do que George, em determinado momento demonstra estar disposta a ir mudar algo e ir em busca do que quer para sua vida. Já o George é o protagonista mais mané que já vi em um livro! O homem é parado demais, chegar a ser um capacho. Não senti segurança nas atitudes dele. 
 A narrativa se desenvolve em terceira pessoa, ora com o foco nos acontecimentos da vida de Tess ora nos da vida de George. Os capítulos são divididos em anos que marcam a passagem do tempo na trama; no começo até criei muita expectativa para o momento crucial do encontro dos protagonistas, mas a medida que o tempo foi passando e era narrado apenas acontecimentos triviais da vida dos dois comecei a me cansar. 
  Já havia lido mais da metade do livro e nada acontecia, a leitura começou a ficar arrastada, cansativa e maçante. O encontro dos dois que era para deixar a história mais interessante acabou demorando demais para acontecer e quando aconteceu não trouxe empolgação nenhuma para a leitura. 
 Neste livro não foi o romance que mais me agradou, mas sim a mensagem de força, luta pelos objetivos de vida e sonhos, a forma como o amor é exaltado e abordado tudo isso me conquistou muito mais do que a história de amor em si, deu para tirar lições importantes para a vida. 
 A capa do livro é bonita e bem elaborada, a diagramação é simples com folhas amareladas, e letras em bom tamanho. Os capítulos são longos e os diálogos são demarcados por aspas e não por travessões como é comum em outros livros.   
  Depois de uma leitura um tanto penosa e por ter insistido em concluí-la com o objetivo de saber que rumo a autora daria para a trama, posso dizer que o final está dentro do previsto e esperado. A reflexão proposta foi o que realmente me encantou.
  Uma Vez na Vida mostra que apesar de tudo que possa acontecer, nós somos os únicos que temos o poder de mudar nosso próprio destino. A vida nos pertence e só nós mesmos podemos mudá-la ou não.

      
  

7 comentários:

  1. Poxa Rafa que pena que a narrativa desse livro atrapalhou sua expectativa. Te entendo e posso até dizer que concordo com vc. Acredito que uma história bem narrada muitas vezes compensa um enredo fraco. Por exemplo acabei de ler e resenhar Estranha Perfeição, gostei mas apesar do enredo ser fraco e até repetir a ideia dos outros livros a narrativa é tão perfeita que no final faz tudo valer a pena.
    Mas te dou os parabéns por ter continuado a leitura, sei que em alguns casos é difícil. Eu por exemplo preciso retomar e finalizar a leitura de sushi, mas não consigo gostar da narrativa da Marian Keys =\
    Enfim adorei saber sua opinião sobre mais um livro. Beijos querida!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafa tudo bem? Primeiramente queria te dizer que achei seu blog pelo Livros y Viagens da Aline! preciso de dizer que AMEI, já estou seguindo e se quiser conhecer o meu cantinho também sera super bem vinda.

    Eu assim como você não desisto de um livro nunca, por mais que eu o odeie no final pois acho importante também em um blog nós colocar nossas experiencias negativas e explica-las por que. Mesmo assim pretendo ler o livro e tirar minhas próprias conclusões, ^^

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esqueci de dizer, participe do sorteio do blog, você ganhar um e-reader!

      Segue link abaixo

      Beijos Joi Cardoso
      Participe do sorteio! Você pode ganhar um KINDLE! | Estante Diagonal

      Excluir
  3. Não conhecia o livro, mas deu vontade de ler c:
    XOXO
    onthislastday.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa! Sério que não é aquele romance todo. Eu imaginava algo tão diferente, leve e divertido, mas fiquei um tantinho decepcionada agora, vou deixar a leitura para outra hora então, mesmo que tenha uma boa mensagem, estou querendo algo mais doce.Pena ser uma leitura tão cansativa.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Oi Rafa... Que pena que vc decepcionou com o livro... Eh horrível quando isso acontece!
    Ainda n li esse livro e apesar da capa ser fofa, não me chama muita atenção.
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
  6. Ei Rafa

    Eu não conhecia e gostei da sinopse. Mas pela sua opinião este eu passo, estou cansada de livros mais ou menos. :P
    bjs

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© FASCINADA POR HISTÓRIAS - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo