O Conde Enfeitiçado.

Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 304
Gênero: Romance de Época
Série: Os Bridgertons #06
Tradução: Claudia Costa Guimarães
Avaliação:

                          Skoob | Amazon | Extra


  Nessa Semana Especial Romances de Época não poderia faltar a diva do gênero; Julia Quinn é uma das melhores autoras de época que já li. O primeiro contato que tive com a escrita dela foi através dos livros de banca e foi amor à primeira leitura e desde então ela se tornou para mim referência no gênero.

  O Conde Enfeitiçado é o sexto livro da série Os Bridgertons e desta vez vamos conhecer a história da Francesca Bridgerton, a condessa de Kilmartin. Francesca é a única das irmãs Bridgertons que já foi casada, agora ela é viúva já que seu marido John morreu depois de dois anos de casamento. 

  Como o casamento de John e Francesca não gerou herdeiros, o título e todos os bens agora pertencem a Michael Stirling, um primo muito querido de John que sempre foi considerado como um irmão. A vida de Michael muda completamente; agora o título e todas as responsabilidades são suas, no entanto ele só consegue pensar em como tudo isso o deixa ainda mais próximo de Francesca. 

  Michael sempre fez de tudo para se manter afastado e para isso até fez questão de sustentar a fama de maior libertino e devasso de Londres. Ele carrega a culpa por desejar e ser apaixonado pela esposa do primo, e mesmo a amando loucamente e agora ela sendo uma viúva a memória de John o impede de ter o mais desejou em sua vida. 

  Depois de quatro anos fugindo de tudo, Michael volta a Londres decido a enfrentar seus fantasmas e medos, além lutar pela mulher que sempre desejou.
[...] Michael viu Francesca Bridgerton uma única vez e se apaixonou tão rápida e perdidamente que ficou surpreso por conseguir ficar em pé." pág. 9

  Julia Quinn é uma mestra na hora de criar histórias e personagens apaixonantes e incríveis, confesso que sempre sou imediatamente arrebatada logo no inicio da leitura de seus livros. Por isso foi uma surpresa para mim quando isso não aconteceu com O Conde Enfeitiçado; eu estava com grandes expectativas para essa leitura, Francesca sempre foi uma personagem que despertava minha curiosidade, já que ela já tinha uma vida construída desde os livros anteriores. 

  A questão é que dessa vez Julia Quinn não conseguiu me cativar completamente e muito menos me convencer do sentimento de Francesca por Michael. Para mim faltou um pouco mais de paixão, intensidade, ardor e uma boa dose de personalidade na personagem; Francesca foi uma personagem totalmente apática dentro da trama e tão cheia de lamentações que várias vezes perdi a paciência com ela.

  Por outro lado, Michael é quem movimenta essa história, ele salvou minha leitura e me fez ficar completamente encantada com a força do seu sentimento e sua determinação em apostar naquilo que deseja. 

  A narrativa se desenrola em terceira pessoa com o foco alternado entre os protagonistas. As partes em que temos contato com os pensamentos e sentimentos de Michael foram as minhas preferidas, é possível sentir a dor, a angústia e todo o amor reprimido que ele tem por Francesca; em vários momentos fiquei com o coração apertado por ele.

  A trama é extremamente bem desenvolvida, Julia Quinn tem uma forma única de escrever que mesmo não conquistando completamente, o leitor ainda consegue se apaixonar de alguma forma pela leitura. Eu me vi torcendo fervorosamente pela felicidade do Michael, além de ficar comovida com sua tocante história de amor. 


  Vocês devem concordar que as capas dessa série são lindas demais né? Essa é muito linda e combina bem com a história, a diagramação é perfeita, as folhas são amarelas, os capítulos não são tão longos e as letras são confortáveis para leitura. 

  Quem ainda não conhece os romances de época precisa começar a se aventurar no gênero pela Julia Quinn, suas histórias são puro amor e romantismo e te faz ficar suspirando no final. 

  O Conde Enfeitiçado não foi uma das minhas preferidas da série, mas não posso negar que é uma história linda de amor, persistência e o florescer de duas almas que enfim encontram a felicidade.  
                                                         
                                                 Participe



4 comentários:

  1. Olá! Amo essa série dos Bridgertons, a escrita da Julia é sensacional!!! Li até agora os três primeiros e estou ansiosa pelos próximos! O conde enfeitiçado me chamou a atenção por ter uma premissa diferente, pois a Francesca já foi casada, ela tem uma bagagem de vida, experiências. Será interessante ver o desenvolvimento do romance com o Michael :)

    ResponderExcluir
  2. Parei no livro 4 porque tenho só comprei eles e tenho os outros no kindle, mas decidi não ler para me forçar a completar a coleção.
    Confesso que até então a Francesca é uma personagem que não me chamou a atenção em nada e essa história de segundo casamento também não me atraiu. Mas eu gosto muito dessa série da Julia Quinn.
    Espero que, quando eu tiver oportunidade de ler, eu me encante mais com a história... no mais, estou ansiosa com o Michael agora que você comentou que ele agitou a trama, se bem que ninguém tira meu coração do Duque de Hastings.

    <3

    Bjo!

    www.dafrigideiraparaofogo.com

    ResponderExcluir
  3. Amiga não sei vc mas eu já estou com o coração na mão pela proximidade do fim dessa série que eu me apaixonei desde o primeiro livro.
    Nesse em específico fiquei apaixonada pelos dois homens de Francesca, mas o Michael e seu jeito de ser me inspirou demais e fiquei o tempo todo torcendo por ele. Acho até que o foco foi mais nele do que nela. Teve vários momentos que assim como vc me deu vontade de dar uns sacodes na Fran, nossa que mulher complicada. Também senti falta dos Bridgertons, essa foi a história que menos apareceram. Mas enfim gostei foi marcante toda luta do Michael.
    Parabéns pela leitura. Estou amando essa semana especial!!!

    Leituras, vida e paixões!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa, tudo bem?
    Concordo com você. Esse livro também não foi o meu favorito da série e também achei que faltou algo, mas a escrita da Quinn é ótima.
    Acho que depois do livro do Colin não tô conseguindo superar, pois pra mim é meu preferido. Adorei sua resenha.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© FASCINADA POR HISTÓRIAS - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo