Curiosidades de Época: Etiqueta para convidados.


Hey, leitores! Tudo bem? 


 Hoje é dia de uma das colunas mais queridas do Fascinada por Histórias, quem ama romances de época assim como eu, é ávido por informações sobre o período de época retratado nos nossos amados romances de época do século XIX. No meu caso, quanto mais informações encontro mais encantada fico com o mundo das ladys e lordes da regência e era vitoriana. 

Meu mais novo queridinho é um livro de etiqueta para damas publicado em 1860, nele temos capítulos que falam especificamente sobre diversas situações sociais em que a etiqueta é exigida para que uma senhora seja bem aceita em seu círculo social. 

Desta vez separei as regras que falam sobre o que é esperado dos convidados em festas noturnas, não só os anfitriões devem seguir a etiqueta, seus convidados também possuem regras que devem ser seguidas. 

De acordo com o The Ladies Book of Etiquette, ao receber um convite para uma festa à noite, o convidado deve responder imediatamente, para que sua anfitriã saiba quantos convidados deve oferecer. Se, depois de aceitar um convite, qualquer imprevisto impedir que o convidado mantenha o compromisso, o mais certo é escrever uma segunda nota contendo seus arrependimentos.

A pontualidade é uma marca de polidez, o seu convite indica a hora em que sua anfitriã estará pronta para recebê-lo. Não atrase mais de meia hora do que o tempo chamado, mas se inevitavelmente tiver que atrasar avise com antecedência. 

Quando você chegar na casa de seu amigo, não pare para falar com qualquer um no corredor, ou nas escadas, mas vá imediatamente para o vestiário. O cavalheiro que acompanha você irá até a porta do quarto da dama, deixará você, para remover seu próprio chapéu e sobrecapa, e então retornará à porta para esperar por você.

No banheiro, não empurre para frente para o espelho se você ver que os outros estão diante de você. Aguarde a sua vez, em seguida, execute os arranjos necessários de sua toilette rapidamente e junte-se a seu acompanhante o mais rápido possível. Se você encontrar amigos no banheiro feminino, não pare por aí para conversar; não deixe seu acompanhante esperando.

Quando você entrar na sala, vá imediatamente para sua anfitriã e fale com ela; se o cavalheiro que a acompanha for um estranho para a dona da casa, apresente-o e junte-se aos outros convidados, pois demorando para conversar por muito tempo com sua anfitriã, você pode impedi-la de falar com outras pessoas que chegaram depois de você.

                                                                      Imagens: Pinterest

Evite conversas longas a tête-à-tête; eles são de mau gosto, e manter comunicação confidencial, especialmente com cavalheiros, é ainda pior.

Não faça nenhuma demonstração de afeto pelo seu amigo ou marido; beijar em público, ou abraçar, são de mau gosto. Andar com os braços ao redor das cinturas, ou tais demonstrações demonstrativas de amor, são marcas de baixa criação.

Evite atravessar a sala sozinho, e nunca corra, mesmo que se sinta envergonhado e deseje atravessar rapidamente.

Se você é um músico, e certo de que irá conferir prazer ao mostrar seus talentos, não demonstre relutância quando convidado para tocar ou cantar. Cumpra graciosamente e, depois de uma peça, deixe o instrumento. Tenha cuidado para evitar a aparência de desejar ser convidado e, acima de tudo, nunca insinue que isso seria agradável. Se a sua anfitriã pediu-lhe para trazer as suas notas, e você é dependente delas, traga-as e coloque-as quietamente no suporte de partitura, ou, melhor ainda, envie-as à tarde. É um plano melhor, se você é freqüentemente chamado a contribuir dessa maneira para a diversão da noite, para aprender algumas peças de modo a tocá-las perfeitamente sem anotações.

Quando os outros estiverem tocando ou cantando, ouça com calma e atenção; rir ou falar alto quando há música na sala, é rude, tanto para o artista quanto para sua anfitriã. Se você estiver conversando no momento em que a música começa e perceber que seu acompanhante não está disposto a ouvir o artista na harpa ou piano, converse em tom baixo e assuma uma posição a alguma distância do instrumento.

                                                              Imagens: Pinterest

Quando você subir para jantar, não aceite nada de nenhum cavalheiro a não ser aquele que o acompanhou da sala de estar. Se os outros lhe oferecerem, como provavelmente será, qualquer refresco, digam que o Sr. (nomeando seu acompanhante) foi buscar o que você deseja. Ele tem o direito de se ofender, se, depois de lhe dizer o que deseja, ele retorna para encontrar o que você já forneceu. É tão rude oferecer o que ele traz para outra mulher. Pode parecer trivial e infantil alertar uma dama contra a colocação de bolos ou bombons no bolso durante o jantar, mas isso geralmente é feito por aqueles que se ressentem profundamente da acusação de grosseria ou maldade. Não é apenas mal-educado, mas dá origem, se visto, a suspeitas de que você está tão pouco acostumado à sociedade, ou tão faminto em casa. 


Viram só como existia regras para absolutamente tudo?! Mesmo assim, não podemos negar que todo o universo de época é fascinante. Espero que tenham gostado do post! 


Dicas de leituras do gênero com boas descrições de bailes e eventos


Loretta Chase e Lisa Kleypas são uma das melhores autoras de época, elas constroem cenas bem detalhadas dos cenários de bailes que colocam o leitor quase que dentro da narrativa. Se não conhece ainda, vale à pena conhecer.


Beijos, e até breve!

                                                              

10 comentários:

  1. Tudo bem?
    Post interessante.
    Não sou muito de ler romances de época, mas muito do que mencionou realmente pode ser observado no decorrer das leituras do gênero.

    Realmente concordo que seja fascinante esse universo, onde vemos todo um costume de coisas encantadoras e outras, claro, um tanto quanto absurdas.. Mas que realmente faziam parte daquele período em que as histórias se passam.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafa! Que bacana! Gosto muito de romances de época e confesso que fico imaginando forte como eram as convenções daquele tempo, as normas de comportamentos para as damas e também para os cavalheiros, e a gente tem que reconhecer que embora elegante e encantador, era complicado pra caramba, nem se parece nem de perto com o que conhecemos hoje. Amei o texto!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  3. Olá, Rafa.

    Eu acho que alguma dessas regras deveriam ser necessárias até hoje. Algumas são bem rígidas, mas creio que funcionou muito bem na época, o que fez esse período se tornar maravilhoso.
    Imagina se elas não existissem o auê que seria esses bailes? hahahaha
    Não sabia da existência desse livro, mas adorei saber mais sobre ele.

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa, amei seu post! Que achado esse livro, hein?! Adorei saber sobre essas regras e curiosidades da época, ainda mais por amar tanto os romances de época.

    ResponderExcluir
  5. Oi Rafa!
    Adoro esse mundo de época, pois as pessoas eram mais educadas e as roupas eram fantásticas, os homens eram cavalheiros respeitam suas acompanhantes. Mas por outro lado a mulher não tinha voz tinha que ficar quase sempre calada ao lado de seu acompanhante, bom tem os dois lados da moeda kkk, adorei seu post, e saber mais dessas regras de etiquetas, parabéns. Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Eu sou completamente apaixonada por romances de época, mas todas essas regras eram bem chatas, opressivas, me senti sufocada só em ler o post.kkkkkk Quando vemos todas essas regras nos livros já torcemos o nariz de tão absurdas que são, agora lendo-as no post fica ainda mais evidente o quanto tantas regras irritantes serviam muitas vezes para serem quebradas mesmo.rs

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Amei esse post! Nunca parei para procurar regras da época, conheço o pouco que é descrito nos livros. E achei sensacional! Quanta coisinha, né? Li esse post pensando naquelas personagens rebeldes que tavam nem aí para isso tudo hahaha
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Geeente, quanta regra hahaah
    Adorei esse post informativo e fiquei até com vontade de ler um romance de época. Faz tempo que não me aventuro em um. Adoro a Lisa e estou bem curiosa de ler mais de seus livros.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura | Instagram

    ResponderExcluir
  9. Que post maravilhoso!!!! Já até favoritei no navegador pra poder voltar nele sempre que bater uma duvida.
    Amei!!!
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Já li esses três livros que vc indicou e amei cada um. Com certeza essas autoras sabem descrever cenas do cotidiano da época que nos transportam para ela. E o texto está maravilhoso mais uma vez, com certeza eles eram muito exigidos nessa época. Amei conhecer um pouco mais dessa época.

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!

Tecnologia do Blogger.